"Um espírito da mentira" à serviço de Jeová? : Religiões, Crenças & Teologia
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


"Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Espaço ideal para discussões sobre qualquer religião, crença e teologia.

"Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Diego Rutherford em 23 Jan 2011 15:39

Imagem
Acabe sofreu punições com o uso de um Espírto da mentira enviado por Jeová!

O Antigo Testamento possui algumas passagens que simplesmente colocam grandes problemas teológicos para que possamos harmonizar a Bíblia.

Lemos em 1 Reis 22.23 na versão Almeida Corrigida:


"Agora pois, eis que o Senhor pôs o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o Senhor falou mal contra ti."


Eu fui em todas as versões da Bíblia e todas elas diz a mesma coisa, "espírito da mentira". E a NTLH diz que o Senhor fez com que os profetas mentissem...

Na nota de rodapé da Bíblia de Estudo Pentecostal (da CPAD) se enfatiza:


Imagem

22.23 O ESPÍRITO DA MENTIRA. O espírito da mentira neste caso aqui é um dos agentes de Satanás, i.e. um espírito malígno sobre o controle de Deus, para destruir Acabe e os falsos profetas, no seu pecado. Seus corações estavam endurecidos contra a verdade, de tal maneira que Deus, por fim, os entregou à mentira, como a justa penalidade pelo seu pecado (cf. Rm 1.21-27). Esse mesmo tipo de julgamento ocorrerá nos últimos dias da nossa era, quanto então Deus "enviará a operação do erro" (2 Tess.2.11) sobre todos queles que "não receberam o amor da verdade... mas tiveram prazer na iniquidade" (2 Tess. 2.10,12). O engano será "segundo a eficácia de Satanás.. para que sejam julgados todos os que não creram a verdade" (2 Tess.2.9,12; ver 2 Tess.2.10-12 nota).


Então? quer dizer que Jeová utiliza dos serviços de espíritos malígnos ainda para cumprir Seu propósito? estariam os demônios ainda sujeitos a Jeová para execução de ações de punição aos pecadores? esse serviço não deveria ser de anjos fiéis a Deus?

Continuarei pesquisando o tema, mas fica aqui aberta a discussão.
Imagem
"Todos somos igualmente sacerdotes!" (Martinho Lutero)

Tem texto novo no meu blog:
http://proclamadordaliberdade.blogspot.com/
Avatar de usuário
Diego Rutherford
Forista
Forista
 
Mensagens: 3027
Data de registro: 03 Nov 2008 08:17
Localização: Duque de Caxias - RJ

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Victor Rito em 23 Jan 2011 15:56

Olá Diego


Não tenho muito tempo agora, mas saiba que tudo o que acontece leva o sêlo de aprovação de Deus. Por tal motivo, até o Diabo é obrigado, pela própria natureza de Superior de Deus, a reverenciar e a prestar homenagem, a adorar Deus...
Jeová, como que põe ganchos nas maxilas dele...



Um abraço.
Victor Rito
Victor Rito
Forista
Forista
 
Mensagens: 2862
Data de registro: 23 Jul 2009 07:48
Localização: Coimbra - Portugal
Localidade: Não quero responder

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Diego Rutherford em 23 Jan 2011 16:13

Será que foi esse espírito da mentira que se apossou dos membros do Corpo Governante, por isso eles não conseguem parar de mentir??

:evil: :twisted: :evil: :twisted: :evil: :twisted:

:1 :1 :1

Imagem
Imagem
"Todos somos igualmente sacerdotes!" (Martinho Lutero)

Tem texto novo no meu blog:
http://proclamadordaliberdade.blogspot.com/
Avatar de usuário
Diego Rutherford
Forista
Forista
 
Mensagens: 3027
Data de registro: 03 Nov 2008 08:17
Localização: Duque de Caxias - RJ

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Mobraw101 em 23 Jan 2011 16:33

Victor Rito escreveu:Olá Diego


Não tenho muito tempo agora, mas saiba que tudo o que acontece leva o sêlo de aprovação de Deus. Por tal motivo, até o Diabo é obrigado, pela própria natureza de Superior de Deus, a reverenciar e a prestar homenagem, a adorar Deus...
Jeová, como que põe ganchos nas maxilas dele...



Um abraço.
Victor Rito


Essa argumentação eh tipica TJ, jeová permite q as coisas aconteçam e tudo mais. Mas essa de satanás adorar a Deus eh um pouco de mais e ñ tem nenhuma base biblica, pelo contrario, o diabo quer a adoração e Deus pra ele. Agora q o iniquio eh submisso a Deus isso ñ temos duvidas e que age de acordo com as permissões de Deus isso eh fato bíblico.

Quanto a Jeová colocar ganchos nos maxilares do diabo, temos ai uma contradição, onde estaria o livre arbítrio do diabo? Se ele ñ tem livre arbítrio, eh apenas um boneco nas mãos de Deus, um agente do criador. De qualquer forma a relação entre Deus e o diabo eh bastante confusa conforme mostra a biblia, a unica coisa q pode-se perceber eh q Deus ñ eh o amor e a bondade absolutos, ele eh simplesmente bom com os seus e mau com os inimigos, como qualquer pessoa comum.
Imagem

"Meu filho, vou criar vc nos caminhos de "jeová"". :lol:
Avatar de usuário
Mobraw101
Forista
Forista
 
Mensagens: 1066
Data de registro: 01 Set 2010 18:18
Localização: Farol da Barra

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor ELZA ARROIO em 23 Jan 2011 17:00

Mobraw disse: a unica coisa q pode-se perceber eh q Deus ñ eh o amor e a bondade absolutos, ele eh simplesmente bom com os seus e mau com os inimigos, como qualquer pessoa comum.


Eu acredito que DEUS deixa de guardar aquele não quer ser SEU, ficando este exposto a todo tipo de ataques maleficos na vida no campo material e espiritual....
Acredito que a crença em DEUS é mais que uma válvula de escape, é a CRIATURA PROCURANDO SEU CRIADOR....




Visitem meu blog:

http://www.anaelzaarroio.blogspot.com
ELZA ARROIO
Perfil Desativado
Perfil Desativado
 
Mensagens: 3658
Data de registro: 04 Jan 2009 20:24

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor luke em 23 Jan 2011 20:59

Victor Rito escreveu:

Olá Diego


Não tenho muito tempo agora, mas saiba que tudo o que acontece leva o sêlo de aprovação de Deus. Por tal motivo, até o Diabo é obrigado, pela própria natureza de Superior de Deus, a reverenciar e a prestar homenagem, a adorar Deus...
Jeová, como que põe ganchos nas maxilas dele...



Um abraço.
Victor Rito


Essa argumentação não procede. O texto de 1º dos Reis não dá nenhum indício de que o espírito em questão fosse um demônio. Pelo contrário, a proposta do anjo de enganar os profetas foi aprovada por Jeová. Aliás, o tal anjo só propôs isso como resposta ao pedido de Deus para que alguém induzisse o rei de Israel a ir lutar uma batalha que Ele já sabia estar perdida.
“Se Deus tomasse ácido, ele veria pessoas?” Steven Wright
.
Avatar de usuário
luke
Forista
Forista
 
Mensagens: 129
Data de registro: 07 Dez 2008 23:53
Localização: Ribeirão Preto

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor inzaghi25 em 23 Jan 2011 21:07

Eu penso que os fins justificam os meios,e nesse caso Deus achou por bem usar esse espirito da mentira,com certeza teve um por que e pra sabermos disso só pesquisando bem a fundo!
toda unanimidade eh burra!
Avatar de usuário
inzaghi25
Forista
Forista
 
Mensagens: 772
Data de registro: 14 Jul 2009 13:36
Localização: Canoas

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Jerry em 23 Jan 2011 21:12

(1 Reis 22:23) Agora, pois, eis que o SENHOR pôs o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o SENHOR falou o mal contra ti.


(João 8:44) Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.


(Tito 1:2) Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos;


Ou o SENHOR (Jeová) não é o mesmo Deus "que não pode mentir" ou é ele próprio "o pai da mentira". Se forem o mesmo Deus, dá pra acreditar na palavra de um deus desses?

Versão Almeida Corrigida e Revisada Fiel
"Quando chegará, Senhor, o dia em que virás a nós para reconheceres os teus erros perante os homens?" - Saramago

Meu Blog: Oritameji
Twitter: http://twitter.com/jerryguima
Avatar de usuário
Jerry
Forista
Forista
 
Mensagens: 6519
Data de registro: 01 Nov 2008 01:37
Localização: Vitória da Conquista, Bahia

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Victor Rito em 24 Jan 2011 07:07

Olá Diego, Mobraw101, Elza, luke, inzaghi25, Jerry...

Diego Rutherford escreveu:Acabe sofreu punições com o uso de um Espírto da mentira enviado por Jeová!

O Antigo Testamento possui algumas passagens que simplesmente colocam grandes problemas teológicos para que possamos harmonizar a Bíblia.

Lemos em 1 Reis 22.23 na versão Almeida Corrigida:


"Agora pois, eis que o Senhor pôs o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o Senhor falou mal contra ti."


Eu fui em todas as versões da Bíblia e todas elas diz a mesma coisa, "espírito da mentira". E a NTLH diz que o Senhor fez com que os profetas mentissem...

Na nota de rodapé da Bíblia de Estudo Pentecostal (da CPAD) se enfatiza:


22.23 O ESPÍRITO DA MENTIRA. O espírito da mentira neste caso aqui é um dos agentes de Satanás, i.e. um espírito malígno sobre o controle de Deus, para destruir Acabe e os falsos profetas, no seu pecado. Seus corações estavam endurecidos contra a verdade, de tal maneira que Deus, por fim, os entregou à mentira, como a justa penalidade pelo seu pecado (cf. Rm 1.21-27). Esse mesmo tipo de julgamento ocorrerá nos últimos dias da nossa era, quanto então Deus "enviará a operação do erro" (2 Tess.2.11) sobre todos queles que "não receberam o amor da verdade... mas tiveram prazer na iniquidade" (2 Tess. 2.10,12). O engano será "segundo a eficácia de Satanás.. para que sejam julgados todos os que não creram a verdade" (2 Tess.2.9,12; ver 2 Tess.2.10-12 nota).


Então? quer dizer que Jeová utiliza dos serviços de espíritos malígnos ainda para cumprir Seu propósito? estariam os demônios ainda sujeitos a Jeová para execução de ações de punição aos pecadores? esse serviço não deveria ser de anjos fiéis a Deus?

Continuarei pesquisando o tema, mas fica aqui aberta a discussão.


Sim, o autor da nota estava certo, à luz das escrituras... É difícil abrir uma porta sem a chave certa...

Uma ajuda para entender esta passagem é Romanos, capítulo 13, onde lemos:

13 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores, pois não há autoridade exceto por Deus; as autoridades existentes acham-se colocadas por Deus nas suas posições relativas. 2 Portanto, quem se opõe à autoridade, tem tomado posição contra o arranjo de Deus; os que têm tomado posição contra este receberão um julgamento para si mesmos. 3 Pois, os que governam são objeto de temor, não para as boas ações, mas para as más. Queres tu, pois, não ter temor da autoridade? Persiste em fazer o bem, e terás louvor dela; 4 pois é ministro de Deus para ti, para teu bem. Mas, se fizeres o que é mau, teme; porque não é sem objetivo que leva a espada; pois é ministro de Deus, vingador para expressar furor para com o que pratica o que é mau.
5 Há, portanto, uma razão compulsiva para que estejais em sujeição, não somente por causa desse furor, mas também por causa da [vossa] consciência. 6 Pois é também por isso que pagais impostos; porque eles são servidores públicos de Deus, servindo constantemente com este mesmo objetivo. 7 Rendei a todos o que lhes é devido, a quem [exigir] imposto, o imposto; a quem [exigir] tributo, o tributo; a quem [exigir] temor, tal temor; a quem [exigir] honra, tal honra.
8 A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto que vos ameis uns aos outros; pois, quem ama o seu próximo tem cumprido a lei. 9 Pois o [código da lei]: “Não deves cometer adultério, não deves assassinar, não deves furtar, não deves cobiçar”, e qualquer outro mandamento que haja, está englobado nesta palavra, a saber: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.” 10 O amor não obra o mal para com o próximo; portanto, o amor é o cumprimento da lei.
11 [Fazei] isto também porque sabeis a época, que já é hora de despertardes do sono, pois agora a nossa salvação está mais próxima do que quando nos tornamos crentes. 12 A noite está bem avançada; o dia já se tem aproximado. Portanto, ponhamos de lado as obras pertencentes à escuridão e revistamo-nos das armas da luz. 13 Andemos decentemente, como em pleno dia, não em festanças e em bebedeiras, nem em relações ilícitas e em conduta desenfreada, nem em rixa e ciúme. 14 Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e não estejais planejando antecipadamente os desejos da carne.


É como num tabuleiro de xadrês... Este exemplo serve apenas grotescamente para dar uma noção de organização, posições relativas, vantagem comparativa ao dar uma peça a comer...

Jeová Deus é o Soberano, é ele que delega a autoridade e é o derradeiro responsavel por tudo o que acontece. Devido à Sua natureza superior e sendo nós uma criação Sua, feita à Sua imagem, tudo o que Deus faz é justo para nós... Como que compartilhamos a Sua natureza, a natureza divina... Deus pode responsabilizar-nos, porque nos dotou de livre-arbítrio. Cada criatura é responsavel pelos seus atos! É isso que as escrituras demonstram, sem equívocos... É a vontade de Deus que é feita, assim na terra, como no céu. Por tal motivo, se lê que é Deus quem faz coisas más, quando na realidade, apenas consente... O Soberano como que põe um selo de aprovação.

Com efeito, Deus não pode mentir, mas o Diabo pode e isso, porque Deus lhe permite, temporáriamente. Em outro contexto, podemos dizer que Deus pode mentir. Afinal, não é a humanidade enganada por uma odiosa mentira que Ele permite divulgar?!
Deus tem uma vantagem sobre qualquer estratégia, em que a medida de anos luz é insuficiente para contabilizá-la, de modo que nenhuma batalha está perdida antecipadamente, a menos que essa seja a vontade do Soberano.

127 A menos que o próprio Jeová construa a casa,
É fútil que seus construtores trabalhem arduamente nela.
A menos que o próprio Jeová guarde a cidade,
É fútil que o guarda se mantenha alerta.
2 É fútil que vos levanteis cedo,
Que vos assenteis tarde,
Que comais alimento com dores.
Assim é que ele dá sono mesmo ao seu amado.
3 Eis que os filhos são uma herança da parte de Jeová;
O fruto do ventre é uma recompensa.
4 Como flechas na mão dum poderoso,
Assim são os filhos da mocidade.
5 Feliz o varão vigoroso que encheu deles a sua aljava.
Não ficarão envergonhados,
Pois falarão com os inimigos no portão.
-Salmo 127.


por Mobraw101 em 23 Jan 2011 16:33

Essa argumentação eh tipica TJ, jeová permite q as coisas aconteçam e tudo mais. Mas essa de satanás adorar a Deus eh um pouco de mais e ñ tem nenhuma base biblica, pelo contrario, o diabo quer a adoração e Deus pra ele. Agora q o iniquio eh submisso a Deus isso ñ temos duvidas e que age de acordo com as permissões de Deus isso eh fato bíblico.

Quanto a Jeová colocar ganchos nos maxilares do diabo, temos ai uma contradição, onde estaria o livre arbítrio do diabo? Se ele ñ tem livre arbítrio, eh apenas um boneco nas mãos de Deus, um agente do criador. De qualquer forma a relação entre Deus e o diabo eh bastante confusa conforme mostra a biblia, a unica coisa q pode-se perceber eh q Deus ñ eh o amor e a bondade absolutos, ele eh simplesmente bom com os seus e mau com os inimigos, como qualquer pessoa comum.



Lemos em Colossenses:

Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; 16 porque mediante ele foram criadas todas as [outras] coisas nos céus e na terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis, quer sejam tronos, quer senhorios, quer governos, quer autoridades.
-Colossenses 1:15,16.


De facto, o diabo não passa de uma "serpente", "um grande dragão" que não mete medo ao Criador dele... O limite do livre-arbítrio do diabo é a Natureza de Deus. O diabo tem uma grande margem de acção, mas não pode comprometer a VIDA, ainda que possa ter introduzido a morte. O Diabo quer ser adorado e muitos o adoram, mas também aqui, as posições são relativas. Ao adorarem o Diabo, estão a adorar o Criador dele que é muito Superior a ele. O próprio Diabo não faz tudo o que quer; ele faz o que Deus permite, ou seja tudo o que não compromete a própria natureza de Deus. Neste contexto o diabo adora a Deus. Deus exige devoção exclusiva.

5 Por exemplo, a qual dos anjos disse ele alguma vez: “Tu és meu filho; hoje eu me tornei teu pai”? E, novamente: “Eu é que me tornarei seu pai e ele é que se tornará meu filho”? 6 Mas, ao trazer novamente o seu Primogênito à terra habitada, ele diz: “E todos os anjos de Deus lhe prestem homenagem*.”
-Hebreus 1:5,6.


* Ou “o adorem”. Gr.: pro·sky·ne·sá·to·san; lat.: a·dó·rent. Veja 2Rs 2:15 e n.


4 E hei de voltar-te e pôr ganchos nas tuas maxilas, e hei de fazer-te sair com toda a tua força militar, cavalos e cavaleiros, todos eles vestidos com esmero, uma congregação numerosa, com escudo grande e broquel, todos eles manejando espadas;
-Ezequiel 38:4.



Abraços.
Victor Rito
Victor Rito
Forista
Forista
 
Mensagens: 2862
Data de registro: 23 Jul 2009 07:48
Localização: Coimbra - Portugal
Localidade: Não quero responder

Re: "Um espírito da mentira" à serviço de Jeová?

Nova mensagempor Estudante da Bíblia em 24 Jan 2011 07:28

Interessante o assunto. A Torre não falou muito sobre isso, mas aqui admite o ocorrido sem rodeios:
Conforme revelado numa visão a Micaías, Jeová permitiu que uma criatura espiritual se tornasse “um espírito enganoso” na boca dos profetas de Acabe. Quer dizer, esta criatura espiritual usou os seus poderes sobre eles de modo que não falaram a verdade, mas sim o que eles mesmos queriam dizer e o que Acabe queria ouvir deles. Embora avisado de antemão, Acabe preferiu ser enganado por essas mentiras e pagou com a vida. — 1Rs 22:1-38; 2Cr 18.
— Estudo Perspicaz das Escrituras, Vol. 2, p. 808. [grifos acrescentados]

Agora sabemos que tipo de criatura espiritual trazia as revelações para o Juiz Rutherford... :D
Avatar de usuário
Estudante da Bíblia
Forista
Forista
 
Mensagens: 1683
Data de registro: 22 Jan 2009 01:12
Localização: São Paulo, Brasil

Próximo

Retornar para Religiões, Crenças & Teologia

Quem está online

Usuários vendo este fórum: MagnoSilva e 22 visitantes