Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo? : Religiões, Crenças & Teologia
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Espaço ideal para discussões sobre qualquer religião, crença e teologia.

Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor gerom em 27 Ago 2010 10:15

Estava lendo um dos tópicos existentes no fórum sobre a “fera e a meretriz”. Dizia sobre a preocupação da profecia da Torre sobre a ONU (elemento político) se voltar contra as religiões dando inicio a grande tribulação. E questionava sobre será que a Torre estará certa? Penso que seria importante que todos lessem o assunto abaixo e comentassem.

Me lembro de que algum tempo atrás li um artigo que falava sobre a expansão dos islâmicos no mundo. Era uma advertência de islâmicos dizendo que na realidade não precisariam efetuar uma guerra com o ocidente porque chegariam a tomar conta de tudo de forma natural.

Um estudo feito anos atrás concluiu algo bastante interessante sobre a expansão do islamismo no mundo sobre mudanças demográficas que ocorreriam nele que nos mostram que a cultura global, a herança de nossas crianças, será tremendamente diferente do que temos hoje. Esse estudo faz uma projeção sobre as gerações vindouras.

Será que os mulçumanos vão tomar conta do mundo? Veja abaixo.

Para que uma cultura seja mantida por mais de 25 anos é requerida uma taxa de fertilidade (A taxa de fertilidade é um termo que se usa em Economia para designar o número proporcional de nascimentos com vida, referidos a uma população de mulheres e um tempo determinado) de 2.11 crianças por família. Qualquer número menor que este índice, a cultura entrará em declínio. Historicamente, nenhuma cultura sobreviveu a uma taxa de 1.9. Uma taxa de 1.3 é impossível de reverter porque são necessários 80 a 100 anos para corrigir esse problema e não há modelo econômico que sustente uma cultura por todo esse tempo.

Em outras palavras, se dois casais tem um filho, só a metade de filhos do que havia de pais, e se esses filhos têm apenas um filho, haverá apenas ¼ de pessoas, de netos do que há de avós.

Se nascesse apenas um milhão de pessoas em 2006, seria muito difícil termos dois milhões de adultos na força de trabalho em 2026, enquanto a população encolhe, acontece a mesma coisa com a cultura.

Alguns índices de fertilidade são preocupantes: 1,8 na França, 1.6 na Inglaterra, 1.3 na Grécia, 1.3 na Alemanha, 1.2 na Itália e 1.1 na Espanha. Na União Europeia onde são 31 os número de países integrantes, o índice de fertilidade está abaixo de 1.38.
Pesquisas históricas mostram que é impossível reverter esse número.

Em poucos anos a Europa como nós a conhecemos hoje, deixará de existir. Ainda assim, a população da Europa não está declinando em virtude da imigração (Considera-se como imigração o movimento de entrada, com ânimo permanente ou temporário e com a intenção de trabalho e/ou residência, de pessoas ou populações, de um país para outro), migração islâmica. De todo o crescimento da população desde 1990, 90% tem sido por causa da imigração islâmica.

Na França, a taxa de fertilidade é de 1.8 por família, enquanto nas famílias islâmicas é de 8.1. No sul da França, região conhecida tradicionalmente por seu grande número de igrejas, agora há mais mesquitas do que igrejas e 30% da população com menos de 20 anos são islâmicos. Em cidades maiores como Nice, Marselha e Paris esse numero sobre para 45%. Em 2027, 1 em cada 5 franceses, será muçulmano.

Nos últimos 30 anos, a população muçulmana na Inglaterra cresceu de 82 mil para 2,5 milhões, ou seja, multiplicou em 30 vezes. Há milhares de mesquitas e muitas eram igrejas no passado.

Na Holanda, 50% dos recém nascidos são muçulmanos e em 15 anos, 50% da população holandesa será de muçulmanos.
Na Rússia, há mais de 23 milhões de muçulmanos, quer dizer, um em cada cinco e 40% dos soldados da Rússia são muçulmanos.

Na Bélgica, 25% da população e 50% dos recém nascidos são muçulmanos. O governo já declarou que 1/3 de recém nascidos na Europa será nascido em família muçulmana em 2025, daqui a 17 anos.

O governo alemão, o primeiro a falar isso publicamente, declarou: “A queda da população alemã não pode mais ser detida. Sua aspiral descendente não é mais reversível. Esse será um estado muçulmano em 2050.”

O General líbio Muammar Al Kadafi, declarou que: “Há sinais de que Alá garantirá vitória ao Islã na Europa, sem espada, sem armas e sem conquistas. Não precisamos de terroristas ou bombas homicidas. Os mais de 50 milhões de muçulmanos na Europa os transformarão em um continente islâmico em poucas décadas.” Hoje há 52 milhões de muçulmanos na Europa. É esperado que este numero duplique nos próximos 20 anos.

No nosso continente, os números contam histórias semelhantes. No Canadá, a taxa de fertilidade é de 1.6, bem abaixo dos 2.11 necessários para manter uma cultura, e o islã é a religião que mais cresce. Entre 2001 e 2006, a população do Canadá aumentou em 1.6 milhões e desses 1.2 milhões foram em virtude de imigração. Nos EUA a taxa de fertilidade é de 1.6 e com o influxo de latinos, subiu para 2.11, o mínimo necessário para manter uma cultura. Em 1970 havia 100 mil muçulmanos nos EUA, hoje há 9 milhões.

O mundo está mudando é hora de acordar.

Há três anos houve um encontro de 24 organizações islâmicas em Chicago e os transcritos do evento mostram em detalhes os planos de evangelizar a América através do jornalismo, política, educação e mais: “precisamos nos preparar para a realidade de que, em 50 anos, haverá 50 milhões de muçulmanos vivendo na America.”

O mundo em que vivemos não será o mundo em que as nossas crianças viverão. A igreja católica acabou de declarar que o islamismo ultrapassou o seu numero de membros.

Estudos mostram que em vista dos índices de crescimento mostrados, que em 5 ou 7 anos, o islamismo será a religião dominante no mundo.

E se uma igreja cristã qualquer conseguir dominar o poder político? A história diz como eram as coisas quando o catolicismo tinha o domínio mundo.

Ainda... a comentar

Em 2001, o Almanaque Abril apresentou a seguinte situação no Brasil, um país prevalentemente católico:

"Os católicos diminuem em número de 83% para 71% dos habitantes, enquanto os pentecostais continuam a aumentar e representam 9%. Porém, a grande alteração está no número de ateus e não religiosos, que fica 250% maior na última década." (Almanaque Abril, 2001, volume Brasil, pág. 115).

Aí está o fator que prepondera sobre a multiplicação da população. O aumento do número de ateus e não religiosos, que é proporcionalmente muito maior do que o de muçulmanos não deriva do grande número de filhos de ateus, mas sim, da educação. Hoje, muitos filhos de religiosos, após cursar uma faculdade, passam a não ver razão para continuar acreditando naquilo que aprenderam de seus pais. Mesmo que alguns governos consigam impor ensino religioso nas escolas, a tendência é crescer o número de não religiosos. Ainda que o número de muçulmanos esteja crescendo muito em comparação com as religiões cristãs, os número de não religiosos cresce ainda mais. Mas, será que isso irá garantir a liberdade de pensamento?

A manutenção da liberdade ficará mais ameaçada ainda, se os governos conseguirem impor ensino religioso nas escolas, seja esse ensino de qual religião for.

A liberdade dos nossos filhos depende da educação científica, não à base de crenças.

Todavia, a preocupante situação apresentada acima se baseia simplesmente em critério matemático, não levando em conta a divulgação do conhecimento, que está mudando também o mundo.
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 6671
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: de volta... SC

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor Poltergeist em 27 Ago 2010 10:42

Gerom, por favor cite as fontes do texto e utilize citações.

Cole o texto corrigido num post abaixo que eu atualizarei o original acima.
A mentira teme a verdade. Afinal, você já viu "apóstatas" desassociando uma Testemunha de Jeová?

Procurando um assunto específico? Visite o Índice do Fórum: viewtopic.php?f=2&t=3230
Avatar de usuário
Poltergeist
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 7770
Data de registro: 26 Fev 2009 16:57
Localidade: São Paulo

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor kooboo em 27 Ago 2010 10:59

Otima pesquisa. Realmente, só faltou as fontes e links.
Mas vamos aos fatos, será que verei meus filhos me apresentando uma garota de burca como sua namorada?

Existem outros fatores a serem considerados, será que os muçulmanos manterão seus hábitos ao mesclarem com outras culturas, ou a religião Islamica tenderá ao ecumenismo ou fusões com outras crenças?
São perguntas que só poderão ser respondidas com o tempo..
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 9293
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor gerom em 27 Ago 2010 11:02

Poltergeist escreveu:Gerom, por favor cite as fontes do texto e utilize citações.

Cole o texto corrigido num post abaixo que eu atualizarei o original acima.


Polter, estou passando os links que falam sobre o assunto. Mas, no meu texto existem algumas alterações. Não sei se é isso exatamente o que vc quer. Caso contrário me informe.

http://www.pesformosos.com/noticias/imprimir.php?id=224

http://www.joaodefreitas.com.br/crescim ... lamico.htm

http://omovimentogospel.blogspot.com/20 ... lipse.html

http://templogalileu.blogspot.com/2010_ ... chive.html
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 6671
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: de volta... SC

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor ELLIPSIS em 27 Ago 2010 13:28

Este video poderá responder a sua pergunta veja como faz sentido.

Imagem
MEU BLOG

Imagem

Aquele que busca a verdade deve, tanto quanto possível, duvidar de tudo. - DESCARTES
Avatar de usuário
ELLIPSIS
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2620
Data de registro: 24 Ago 2009 16:24

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor gerom em 27 Ago 2010 14:07

ELLIPSIS escreveu:[center]Este video poderá responder a sua pergunta veja como faz sentido.



Exatamente isso que estava tentando transmitir Ellipsis.

Se a “fera e a meretriz” como profetizado pela Torre irá se virar para a religião (ONU x Babilonia a Grande), e sabendo-se que todos os países são representados pela ONU, obviamente que quem estará lá são religiosos! Como eles acabariam com Babilonia a Grande?

Provavelmente isso NUNCA IRÁ acontecer!!!
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 6671
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: de volta... SC

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor queroaverdade em 27 Ago 2010 17:06

Olá,

Eu vejo assim: Religiões com vies extremistas, essas sim deixarão de existir com o passar do tempo, isso é um acontecimento sem volta. Quem sobrará então? As religiões que primeiro: Sigam as leis de paises democráticos, Segundo: Respeitem as diversividades culturais, Terceiro: Respeitem e principalmente aceitem conviver com as diferenças, isso incondicionalmente, e Quarto: Que aceitem a opção sexual, e a opção religiosa de seja quem for. Quem não se adquar (modificar), estará fadada ao esquecimento. Pq religiões extemistas desapareceram? É simples, a sociedade evolui, e graças a Deus, pra melhor, e como numa questão de cliente x empresa, as pessoas com mentalidade cada vez melhor, vao escolher oq é melhor pra si, e isso inclui a religião.

E nesse contexto, por não perceber que o islamismo tende a ser uma religião predominante de moderados, e sim de extremistas, não vejo não que o islamismo possa sobreviver a evolução da sociedade moderna. Claro que como extremistas que são, por nao aceitar que a sociedade civilizada ponha regras de convivencia pacifica, em conta-ponto a suas doutrinas extemistas, sim, haverá muito conflito, guerras e mortes.

Tanto é certo que eu falo isso que, Cristãos nao podem exercer atividades em seus territorios, mais o contrario é valido, cristãos toleram que islamicos possam proselitar em paises cristãos:

27/08/2010 - 12h05
Brasileiro preso no Egito por fazer propaganda religiosa chega ao Brasil

Chegou ao Brasil nesta sexta-feira o operador de turismo Dagnaldo Pinheiro Gomes, 36, que havia sido preso no Egito sob acusação de proselitismo religioso --propaganda e convencimento. O voo chegou por volta das 5h no aeroporto internacional de Guarulhos (Grande São Paulo), de acordo com Renata Freire, da agência de turismo, em que ele trabalha.

Brasileiro é preso no Egito acusado de fazer propaganda religiosa

O brasileiro teria sido flagrado na última terça-feira (17) com material religioso e uma bíblia no Cairo. A prática é considerada crime pelo governo egípcio, cuja maioria da população é muçulmana. Duas brasileiras, que estavam com o guia, foram liberadas.

Ele mora há sete anos no Cairo e é o representante no Egito da agência de turismo Orientur, de Guarulhos (SP), e acompanha grupos de turistas que visitam o país. Segundo Renata Freire, da Orientur, Gomes tem visto de trabalho até 2012 e estava em situação regular no país.

A noiva de Gomes, Mariângela Vale, disse à Folha que recebeu a informação da prisão por um telefonema feito por ele na noite do dia 18, em que ele contou que havia sido detido no dia anterior. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o guia turístico foi visitado na prisão por diplomatas brasileiros antes da deportação.


fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/789853-brasileiro-preso-no-egito-por-fazer-propaganda-religiosa-chega-ao-brasil.shtml

Abraço
____________________________________________________________________________
"A ociosidade é a mãe da Filosofia." Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês.
queroaverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 737
Data de registro: 02 Jul 2009 17:56

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor queroaverdade em 28 Ago 2010 00:04

Olá,

Eu vejo assim: Religiões com vies extremistas, essas sim deixarão de existir com o passar do tempo, isso é um acontecimento sem volta. Quem sobrará então? As religiões que primeiro: Sigam as leis de paises democráticos, Segundo: Respeitem as diversividades culturais, Terceiro: Respeitem e principalmente aceitem conviver com as diferenças, isso incondicionalmente, e Quarto: Que aceitem a opção sexual, e a opção religiosa de seja quem for. Quem não se adquar (modificar), estará fadada ao esquecimento. Pq religiões extemistas desapareceram? É simples, a sociedade evolui, e graças a Deus, pra melhor, e como numa questão de cliente x empresa, as pessoas com mentalidade cada vez melhor, vao escolher oq é melhor pra si, e isso inclui a religião.

E nesse contexto, por não perceber que o islamismo tende a ser uma religião predominante de moderados, e sim de extremistas, não vejo não que o islamismo possa sobreviver a evolução da sociedade moderna. Claro que como extremistas que são, por nao aceitar que a sociedade civilizada ponha regras de convivencia pacifica, em conta-ponto a suas doutrinas extemistas, sim, haverá muito conflito, guerras e mortes.

Tanto é certo que eu falo isso que, Cristãos nao podem exercer atividades em seus territorios, mais o contrario é valido, cristãos toleram que islamicos possam proselitar em paises cristãos:

27/08/2010 - 12h05
Brasileiro preso no Egito por fazer propaganda religiosa chega ao Brasil

Chegou ao Brasil nesta sexta-feira o operador de turismo Dagnaldo Pinheiro Gomes, 36, que havia sido preso no Egito sob acusação de proselitismo religioso --propaganda e convencimento. O voo chegou por volta das 5h no aeroporto internacional de Guarulhos (Grande São Paulo), de acordo com Renata Freire, da agência de turismo, em que ele trabalha.

Brasileiro é preso no Egito acusado de fazer propaganda religiosa

O brasileiro teria sido flagrado na última terça-feira (17) com material religioso e uma bíblia no Cairo. A prática é considerada crime pelo governo egípcio, cuja maioria da população é muçulmana. Duas brasileiras, que estavam com o guia, foram liberadas.

Ele mora há sete anos no Cairo e é o representante no Egito da agência de turismo Orientur, de Guarulhos (SP), e acompanha grupos de turistas que visitam o país. Segundo Renata Freire, da Orientur, Gomes tem visto de trabalho até 2012 e estava em situação regular no país.

A noiva de Gomes, Mariângela Vale, disse à Folha que recebeu a informação da prisão por um telefonema feito por ele na noite do dia 18, em que ele contou que havia sido detido no dia anterior. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o guia turístico foi visitado na prisão por diplomatas brasileiros antes da deportação.



fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/ ... asil.shtml

Porem, graças a boa convivencia e TOLERANCIA, não se combate o "mau com o mau". Mulçumanos podem ter a sua mesquita, bem perto de onde irmãos de fé deles mataram milhares de pessoas.

Nova York aprova mesquita perto do antigo WT
Por Karina Ioffee

NOVA YORK (Reuters) - Um órgão da prefeitura de Nova York aprovou nesta terça-feira a construção de um centro cultural islâmico perto do local onde ficava o World Trade Center, destruído por militantes muçulmanos no atentado de 11 de setembro de 2001.

Num caso que provocou um debate nacional, uma comissão encarregada do patrimônio histórico municipal votou por unanimidade contra o tombamento de um edifício antigo que fica no local do futuro centro cultural islâmico.

Críticos dizem que a construção desse centro - que incluirá uma mesquita - será uma traição à memória das quase 3 mil vítimas do atentado de 2001, cometido pela rede Al Qaeda com aviões sequestrados.

Esses críticos pretendiam impedir a obra ao tombar um edifício de 1857, em estilo italiano, com o argumento de que ele tinha sido atingido por peças de um dos aviões sequestrados.

Mas os membros da comissão argumentaram que o edifício, que fica numa zona comercial a cerca de uma quadra do terreno do World Trade Center, não tem valor histórico e pode ser demolido.

A chamada Casa Córdoba incluirá uma sala de orações e um auditório de 500 lugares, como parte de um complexo cultural islâmico de 13 andares.

"Somos gratos à Comissão do Patrimônio", disse Sharif El Gamal, presidente e executivo-chefe da Soho Properties, empresa dona do atual edifício. "Foi um turbilhão nos últimos quatro meses, durante os quais trabalhamos incessantemente para realizar um sonho americano do qual tantos outros compartilham."

Vários manifestantes acompanharam a votação levando cartazes com os dizeres "Esta mesquita celebra nossos assassinos" e "não glorifiquem os assassinos de 3 mil (pessoas)."

Já a entidade Famílias do 11 de Setembro por Amanhãs Pacíficos, criada por parentes de vítimas do atentado, elogiou a comissão por não ceder a argumentos políticos ou emotivos.

"Apoiamos fortemente o estabelecimento do Centro Cultural Islâmico, pois acreditamos que saudar o centro, que se destina a promover a tolerância e o respeito entre os credos, é consistente com os valores fundamentais americanos de liberdade para todos", disse o grupo em nota.

O Centro Americano para a Lei e a Justiça, em nome de um bombeiro que sobreviveu aos atentados, disse que irá abrir um processo na quarta-feira para contestar a decisão e tentar impedir a construção de mesquita.

Em nota, o grupo disse que a prefeitura é culpada de "ignorar o procedimento adequado e ignorar um crescente número de nova-iorquinos e americanos que não acreditam que esse seja o lugar para se construir uma mesquita.


fonte: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/08/03/nova-york-aprova-mesquita-perto-do-antigo-wtc-917307806.asp

Desculpem o post repetido, mais no primeiro eu nao tinha encontrado esse segundo link. Os moderadores podem apagar o primeiro post.

Abraço
____________________________________________________________________________
"A ociosidade é a mãe da Filosofia." Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês.
queroaverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 737
Data de registro: 02 Jul 2009 17:56

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor duvideodo em 28 Ago 2010 00:46

queroaverdade escreveu:Eu vejo assim: Religiões com vies extremistas, essas sim deixarão de existir com o passar do tempo, isso é um acontecimento sem volta. Quem sobrará então? As religiões que primeiro: Sigam as leis de paises democráticos, Segundo: Respeitem as diversividades culturais, Terceiro: Respeitem e principalmente aceitem conviver com as diferenças, isso incondicionalmente, e Quarto: Que aceitem a opção sexual, e a opção religiosa de seja quem for. Quem não se adquar (modificar), estará fadada ao esquecimento. Pq religiões extemistas desapareceram? É simples, a sociedade evolui, e graças a Deus, pra melhor, e como numa questão de cliente x empresa, as pessoas com mentalidade cada vez melhor, vao escolher oq é melhor pra si, e isso inclui a religião.


Infelizmente isso não é verdade, e infelizmente também as religiões "extremistas" não deixarão de existir. O Islamismo é toda uma cultura, mais forte e mais preparada para dominar do que a nossa atual. É uma religião que suporta toda uma civilização, e não tem pressa para isso. Não importa que demore mais 1000 ou 2000 anos para isso, pois é um projeto de civilização, talvez lento, talvez demorado, mas constante e persistente.
Avatar de usuário
duvideodo
Troll desativado
 
Mensagens: 353
Data de registro: 07 Mai 2010 18:19

Re: Estão os islâmicos ou ateus tomando conta do mundo?

Nova mensagempor queroaverdade em 28 Ago 2010 01:39

duvideodo escreveu:
queroaverdade escreveu:Eu vejo assim: Religiões com vies extremistas, essas sim deixarão de existir com o passar do tempo, isso é um acontecimento sem volta. Quem sobrará então? As religiões que primeiro: Sigam as leis de paises democráticos, Segundo: Respeitem as diversividades culturais, Terceiro: Respeitem e principalmente aceitem conviver com as diferenças, isso incondicionalmente, e Quarto: Que aceitem a opção sexual, e a opção religiosa de seja quem for. Quem não se adquar (modificar), estará fadada ao esquecimento. Pq religiões extemistas desapareceram? É simples, a sociedade evolui, e graças a Deus, pra melhor, e como numa questão de cliente x empresa, as pessoas com mentalidade cada vez melhor, vao escolher oq é melhor pra si, e isso inclui a religião.


Infelizmente isso não é verdade, e infelizmente também as religiões "extremistas" não deixarão de existir. O Islamismo é toda uma cultura, mais forte e mais preparada para dominar do que a nossa atual. É uma religião que suporta toda uma civilização, e não tem pressa para isso. Não importa que demore mais 1000 ou 2000 anos para isso, pois é um projeto de civilização, talvez lento, talvez demorado, mas constante e persistente.


Olá,

Acho que vc está equivocado. Como pode afirmar que uma religião com notadamente violência e extremismo dominar um mundo moderno e civilizado? Outro detalhe, qdo fala em cultura árabe com religião, são coisas diferentes, e muito diferentes. O maior pais mulçumano é um pais asiático, com cultura diferende de por exemplo o egito, jordania e etc. Qdo eu digo que religiões extremistas desaparecerao, digo isso pq ja aconteceu, e vai acontecer sempre, basta ver essas seitas em que existe um lider supremo, vão pra uma fazenda e ficam esperando uma nave vir do céu, ou a policia vai lá e prende todo mundo ou eles se matam e ponto final na seita. Sabe quando o islâ vai acabar? Qdo um cristão, junto com um islamico cair em sí que se matar não vai levar a nada, dai eles se dão as mãos e se tornam ateus. E esse fenômeno de ateismo, é um caminho sem volta. Basta ver a evolução, na idade média, quem fosse contra a igreja era queimado vivo, quem fosse contra o islã, era apedrejado, trazendo pros nossos dias, quem é contra a igreja, é só mais um contra a igreja e pode ser um bom vizinho de um cristão, em oposto, o extremismo islamico, manda apedrejar um infiel, o cristianismo evoluiu, o islamismo não e nem vai e exatamete por isso vai acabar um dia.


É uma religião que suporta toda uma civilização


Essa parte nao entendi. Acho q é o contrario, eles não suportam o resto do mundo, tanto que se sacrificam só pelo facto de matar infieis ao "islã".

Vejo a questão islamica mais como uma questão militar do que tudo e o fiel da balança vai ser a china. Em 1o anos os chineses vão ser a maior economia do mundo, em mais 10, tomam o lugar dos EUA em questoes militares e em pouco tempo, vão mandar e desmandar no mundo. Agora, quem vc acha q é mais tolerante com religiões extremistas, os Cristãos Americados ou os Ateus comunistas Chineses? só por ai vc ja tem uma ideia de como sera nosso mudo daki uns 30 anos.

Quer ver mais um ponto para a decadencia do mundo islamico? Secar os poços de petroleo. O ocidente só não mandou bombas e mais bombas no oriente médio pq, afinal de contas eles são os patrões do petroleo, só que no dia que secar, acabam a egemonia, e o ocidente vai achar mil e 1 motivos pra impor a força o idealismo ocidental.

E por isso, que o islã não tem um futuro promissor.

Abraço
____________________________________________________________________________
"A ociosidade é a mãe da Filosofia." Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês.
queroaverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 737
Data de registro: 02 Jul 2009 17:56

Próximo

Retornar para Religiões, Crenças & Teologia

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 9 visitantes