O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!! : Religiões, Crenças & Teologia - Page 6
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Espaço ideal para discussões sobre qualquer religião, crença e teologia.

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor Rafa Berg em 20 Nov 2010 21:06

Bom, gente, vou falar aqui a minha (só pra constar, como bom agnóstico, n acredito q a Bíblia seja inspirada).
Analisando os dois testamentos, nota-se uma clara diferença de personalidade da figura divina... Mas, ainda assim, encaro essa como mais uma das muitas incoerencias da Biblia....
"Só sei que nada sei." (Sócrates)

MSN: [email protected]
Rafa Berg
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 48
Data de registro: 12 Nov 2010 08:27
Localização: Macaé, Rio de Janeiro

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor irmão Edson em 21 Nov 2010 09:45

Querida Rafa

Respeito , o seu ponto de vista, e o que voce percebe das contradições entre o v.t e o n.t, é fato desde que se acredite como a maioria que o Jeova do v.t é o Pai apresentado por Jesus .
Jesus sabendo disso mandou que se pregasse somente o seu evangelho que é suficiente para a nossa salvação, se separarmos o v.t do n.t , o n.t não deixa nada a ser ensinado para a nossa salvação
O problema é que insistimos no erro de vincular a doutrina de Jeova ( o usurpador ) para os nossos dias.
Avatar de usuário
irmão Edson
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 20
Data de registro: 06 Out 2010 10:16

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor Rafa Berg em 21 Nov 2010 13:52

Edson,

Claro q eu sei q vc respeita minha opiniao, assim como eu respeito a sua (aliás, é isso q eu gosto no fórum, todos aki respeitam as opniões alheias, diferente das tejotas...)

Mas quanto ao q vc disse, não é apenas essa uma incoerencia da Bíblia. No fórum existem vários tópicos referentes a esse tema, tanto de ensinamentos quanto de outros assuntos (geografia, história, etc...). Não vou falar delas aqui agora pra nao estender mto meu post, mas se você procurar vai ver...

Abçs amigo!
"Só sei que nada sei." (Sócrates)

MSN: [email protected]
Rafa Berg
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 48
Data de registro: 12 Nov 2010 08:27
Localização: Macaé, Rio de Janeiro

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor irmão Edson em 23 Nov 2010 09:47

O INJUSTO JUIZ


Juiz injusto é cruel, mentiroso, ladrão, impiedoso, perverso e desumano. Juiz tem de ser justo. Entre os homens, se o juiz é humano e pratica uma injustiça, fica sujeito a ser caçado o seu diploma. Entre os homens existem alguns juizes injustos, mas o Juiz supremo é justo, e o seu nome é Deus Pai.

Se é Deus, tem de ser justo. Se é injusto não é Deus, mas impostor, pois se Deus cometesse alguma injustiça seria igual aos homens. O apóstolo Paulo declara: “Seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso” (Rm. 3:4).

No Velho Testamento lemos muitos textos revelando que Jeová é o juiz deste mundo. Jeftá, o gileadita, antes de guerrear contra os filhos de Amom, que ameaçavam Israel, disse: “Tampouco pequei contra ti! Porém tu usas mal comigo em pelejar contra mim. Jeová, que é juiz, julgue hoje entre os filhos de Israel e entre os filhos de Amom” (Jz. 11:27). No Salmo 94:1-2, lemos: “Jeová Deus, a quem a vingança pertence, mostra-te resplandecente. Exalta-te tu, que és juiz da terra; dá o pago aos soberbos.” O profeta Isaías declara: “Porque Jeová é o nosso juiz; Jeová é o nosso legislador. Jeová é o nosso rei” (Is. 33:22). O profeta Jeremias confirma dizendo: “Mas, ó Jeová dos exércitos, justo juiz, que provas os rins e o coração, veja eu a tua vingança sobre eles” (Jr. 11:20). E Jeremias termina este texto dizendo: “Sim, assim diz Jeová dos exércitos: Eu os punirei; os mancebos morrerão à espada, os seus filhos e as suas filhas morrerão de fome, e não haverá deles um resto, porque farei vir o mal sobre eles” (Jr. 11:22-23). Um juiz justo não anda tomando vingança como fazem os bandidos, e também não condena os inocentes filhos a morrer pela espada, e também as crianças a morrer de fome. Um juiz justo aplica a lei aos culpados e não aos inocentes.

Leiamos a lei de Jeová, no que tange ao adultério: “O homem que adulterar com a mulher de outro, certamente morrerão o adúltero e a adúltera” (Lv. 20:10). “Quando um homem for achado deitado com mulher casada com marido, então ambos morrerão. Assim tirarás o mal do meio de Israel” (Dt. 22:22). E a morte era por apedrejamento, e durou até o tempo de Jesus Cristo, isto é, mil e seiscentos anos, pois Jesus não condenou a adúltera que ia ser apedrejada (Jo. 8:1-11). Neste ponto Jesus não foi um com Jeová, mas foi um com o Pai.

Vamos analisar o adultério de Davi: Davi tinha um soldado valente, tão valente que era um dos trinta e sete, como se acha registrado em II Sm. 23:8-39. Urias está neste último verso – 39. A mulher de Urias, de nome Bat-Seba, tomava banho ao lado do palácio real, e Davi a viu nua, e apreciou a sua formosura. Urias morava ao lado do palácio do rei Davi, e podemos depreender que era um dos seus íntimos. Davi mandou buscar a bela Bat-Seba. Os seus criados lhe avisavam dizendo: “Bat-Seba é mulher de Urias.” Davi, entretanto, cego pelo desejo se deitou com a mulher de um dos seus íntimos valentes, que arriscavam suas vidas para preservar a vida do rei. Bat-Seba concebeu, e Davi armou um plano para que Urias fosse tido por pai da criança, Bat-Seba concordou com tudo. Trouxeram Urias do campo de batalha, e Davi lhe concedeu que dormisse com a esposa. Urias se deitou à porta da casa real e não desceu a sua casa. Avisado Davi do fato, mandou embebedar Urias, para fazê-lo deitar-se com a esposa, mas Urias não entrou em sua casa. Davi então ordenou a Joabe, seu capitão, que levasse Urias ao mais aceso da batalha, e o abandonasse. Assim morreu Urias, o heteu, traído por aquele a quem defendia. Davi, vitorioso, trouxe Bat-Seba ao palácio e a desposou na maior cara dura. Tudo isto se encontra no capítulo onze de II Samuel.

Jeová, o justo juiz, manda imediatamente, que Natã, o vidente, declare a Davi as conseqüências do seu perverso ato, pois o sexo é capaz de corromper até o homem que tinha um coração igual ao de Deus.

Natã dita a sentença: “Por que, pois, desprezaste a palavra de Jeová, fazendo o mal diante dos seus olhos? A Urias, heteu, feriste a espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa. Eis que suscitarei da tua mesma casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei ao teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este Sol, porque tu fizeste isto em oculto, mas eu o farei perante os olhos de todo Israel” (II Sm. 12:9-12). Davi, ouvindo estas palavras, confessou contrito os seus pecados, e Natã disse: “Também Jeová traspassou o teu pecado” (II Sm. 12:13). Jeová passou por cima do adultério de Davi, que era o criminoso, e matou a criança, a inocente vítima do justo juiz. Registremos o texto: “Todavia, porquanto com este feito deste lugar a que os inimigos de Jeová blasfemem, também o filho que te nascer morrerá.” E Jeová feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi (II Sm. 12:14-15). Esta atitude de Jeová não foi justa, pois pela lei do próprio Jeová, o adúltero Davi deveria ser apedrejado. Acontece que Davi era predestinado e ungido de Jeová, e estes são protegidos. A lei é só para os menos privilegiados. Coisas do “justo juiz”.

Bat-Seba também era adúltera e deveria ser apedrejada até a morte, como aconteceu a todos os adúlteros por 1.600 anos. Jeová, o justo juiz, preservou a adúltera Bat-Seba, e em seu lugar permitiu a morte injusta e criminosa de Urias, o varão leal e fiel, que, incitado por Davi a se deitar com a mulher, respondeu: “A arca, e Israel, e Judá ficam em tendas; e Joabe meu senhor estão acampados no campo de batalha; e hei de eu entrar na minha casa, para comer e beber, e para me deitar com minha mulher? Pela tua vida, e pela vida da minha alma, não farei tal coisa” (II Sm. 11:11). O esposo nega-se a deitar com a esposa por fidelidade ao rei, e é condenado, enquanto o lobo, que devora a sua casa na sua ausência é perdoado? Um deus que protege culpados e condena à morte os justos e os inocentes não merece ser honrado como Deus. Pois este juiz injusto foi mais longe: tomou as dez concubinas de Davi e as entregou a Absalão, o filho traidor e devasso. Para provar é só ler II Sm. 12:11; 16:22-23. Pergunta-se: Que tinham as dez concubinas de Davi com o seu pecado para serem desonradas em público? (II Sm. 20:3).

Absalão agiu mal por vingança, pois sua irmã Tamar foi estuprada por Amnon, primogênito de Davi. E Tamar era moça virtuosa e pura, mas foi uma inocente vítima da vingança do injusto juiz deste mundo (II Sm. 13:1-22).

Jeová, o justo juiz, escolheu Salomão para reinar em lugar de Davi. Mas Salomão foi o décimo na linhagem hierárquica real. O legítimo herdeiro do trono foi Adonias, filho de Hagite, o quarto na linhagem de Davi (I Cr. 3:1-5). Seis herdeitos do trono foram passados para traz para que Salomão, o homem que ia dividir o reino de Israel, subisse ao poder. O que agravou a situação foi a lei da primogenitura dada por Jeová (Dt. 21:15-17). Essa lei garantia os direitos dos primogênitos. Jeová, o justo juiz, passou por cima da própria lei, anulando-a, e colocou injustamente Salomão no trono. Salomão matou seu irmão Adonias, portanto foi fraticida (I Rs. 2:23-24). Jesus Cristo, ao salvar os homens, torna-os primogênitos. Sim, todos serão primogênitos do Pai, pois terão coroas iguais, e se tornam, pela graça, iguais a Cristo (Rm. 8:29; Hb. 12:22-23).

Sera que Jeova é o Pai de Jesus revelado no N.T ????
Avatar de usuário
irmão Edson
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 20
Data de registro: 06 Out 2010 10:16

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor KOSTA em 28 Abr 2012 19:48

ericpolo escreveu:Bíblia.....

É um compêndio histórico "Judaico-Cristão", no velho testamento notamos que Deus é parcial, aceita basicamente apenas o povo Judeu e seus "Associados" ou seja, pessoas que aceitavam o Deus Judeu e as Leis dos mesmos, sendo que é totalmente "racista" no tratamento contra povos que não seguiam as Leis e costumes Judaícos....

Por isso lemos alí sobre um Deus que pune, mata, julga, e vinga sem dó nem piedade qualquer um que vá contra sua Lei Judaíca, traduzindo, se vc não era Judeu meu filho tava literalmente "Fu.....", agora se queria ser um "Naturalizado", ou como está na Bíblia "Residente Forasteiro", notem que teria que seguir as Leis Judaícas, porém não teria os mesmos direitor dos mesmos quanto alguns privilégios........

Aí...vamos para o Novo Testamento....

Se notarmos bem o Novo testamento é em partes um aversão literal ao conceito Judaíco...pq os Líderes Políticos-Religiosos da época de Cristo, mostravam total "fanatismo" as Leis que defendiam sua posição "Hierarquica".....

O Novo testamento aceita pessoas de outras nações como "Filhos de Deus", não existe mais o conceito "Deus-Judeu", e sim Deus das nações........

Bem creio que é de fácil entendimento que o Novo Testamento quem escreveu, não eram do mesmo tipo "Fanático" que os escritores do Velho Testamento, fora que se notarmos, muitos nem mesmo tinham nas suas vidas até "Cristo" aparecer, a religião como algo realmente importar na sua vida, "exceto" Saulo de Tarso, por isso vemos um Cristo e um Deus mais amoroso e perdoado no novo testamento.......

É realmente um Livro históricamente rico, porém bastante complexo e contraditório.......





Pois é... Só há uma coisa que ainda não foi aqui referida. Do ponto de vista de Deus, Israel tinha de estar num processo contínuo de "purificação" de modo a haver condições propícias à vinda de Cristo, durante uma linhagem prometida. Por isso, morrerem uns quaisquer milhares de pessoas (que podem ser ressuscitadas) em nome do bem eterno de toda a humanidade é, de facto, aceitável apesar de não ser muito compreensível.

Deus tem seu jeito de fazer as coisas. Quem sabe se este fórum não é um dos instrumentos Dele para "acordar" as pessoas? O CG já tem um poder significativo sobre a vida de milhões de seres humanos. Bem sabemos que a liderança das TJ tem sido hipocrita.

Meus amigos, o que o "Grande Boss" tiver que fazer, fará...

Ao jeito dele, não ao nosso, muito menos de uma cambada de lunáticos americanos.
NÃO TEMAS AQUELES QUE BUSCAM PELA VERDADE, MAS TEME ANTES OS QUE AFIRMAM TEREM A VERDADE
Avatar de usuário
KOSTA
Forista
Forista
 
Mensagens: 2803
Data de registro: 22 Set 2011 20:06
Localização: Portugal

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor gerom em 29 Abr 2012 00:13

KOSTA escreveu:
ericpolo escreveu:Bíblia.....

É um compêndio histórico "Judaico-Cristão", no velho testamento notamos que Deus é parcial, aceita basicamente apenas o povo Judeu e seus "Associados" ou seja, pessoas que aceitavam o Deus Judeu e as Leis dos mesmos, sendo que é totalmente "racista" no tratamento contra povos que não seguiam as Leis e costumes Judaícos....

Por isso lemos alí sobre um Deus que pune, mata, julga, e vinga sem dó nem piedade qualquer um que vá contra sua Lei Judaíca, traduzindo, se vc não era Judeu meu filho tava literalmente "Fu.....", agora se queria ser um "Naturalizado", ou como está na Bíblia "Residente Forasteiro", notem que teria que seguir as Leis Judaícas, porém não teria os mesmos direitor dos mesmos quanto alguns privilégios........

Aí...vamos para o Novo Testamento....

Se notarmos bem o Novo testamento é em partes um aversão literal ao conceito Judaíco...pq os Líderes Políticos-Religiosos da época de Cristo, mostravam total "fanatismo" as Leis que defendiam sua posição "Hierarquica".....

O Novo testamento aceita pessoas de outras nações como "Filhos de Deus", não existe mais o conceito "Deus-Judeu", e sim Deus das nações........

Bem creio que é de fácil entendimento que o Novo Testamento quem escreveu, não eram do mesmo tipo "Fanático" que os escritores do Velho Testamento, fora que se notarmos, muitos nem mesmo tinham nas suas vidas até "Cristo" aparecer, a religião como algo realmente importar na sua vida, "exceto" Saulo de Tarso, por isso vemos um Cristo e um Deus mais amoroso e perdoado no novo testamento.......

É realmente um Livro históricamente rico, porém bastante complexo e contraditório.......





Pois é... Só há uma coisa que ainda não foi aqui referida. Do ponto de vista de Deus, Israel tinha de estar num processo contínuo de "purificação" de modo a haver condições propícias à vinda de Cristo, durante uma linhagem prometida. Por isso, morrerem uns quaisquer milhares de pessoas (que podem ser ressuscitadas) em nome do bem eterno de toda a humanidade é, de facto, aceitável apesar de não ser muito compreensível.

Deus tem seu jeito de fazer as coisas. Quem sabe se este fórum não é um dos instrumentos Dele para "acordar" as pessoas? O CG já tem um poder significativo sobre a vida de milhões de seres humanos. Bem sabemos que a liderança das TJ tem sido hipocrita.

Meus amigos, o que o "Grande Boss" tiver que fazer, fará...

Ao jeito dele, não ao nosso, muito menos de uma cambada de lunáticos americanos.


Calma, Kosta... menos, menos...

É necessário coerência! Quem tem poder, todo o poder, realmente faz o que quer, mas é necessário: coerência.

Se a Torre e a bíblia diz que deus tem quatro principais atributos: amor, justiça, poder, sabedoria... é necessário que exista equilíbrio, coerência.
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 8608
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: Balneário Camboriú
Localidade: Santa Catarina

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor fernanda em 29 Abr 2012 21:44

Exatamente como li num site...
"Um livro criado por Deus para que pudéssemos compreendê-lo e sabermos de seus propósitos...
Quem crê nem compreende o que lê..e nem consegue interpretá-la diante de qualquer questionamento
O que sabem de verdade com respeito à bíblia é carrega-la debaixo do sovaco como se fosse desodorante e sair por aí ameaçando os incrédulos com suas profetadas"
Imagem
Avatar de usuário
fernanda
Forista
Forista
 
Mensagens: 371
Data de registro: 22 Jun 2010 14:28

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor TJ Curioso em 30 Abr 2012 17:08

http://www.extj.net/
https://www.facebook.com/comunidade.extj/
Avatar de usuário
TJ Curioso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1689
Data de registro: 15 Nov 2008 17:03

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor O Sábio em 07 Out 2013 12:36

Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!
Avatar de usuário
O Sábio
Forista
Forista
 
Mensagens: 126
Data de registro: 03 Jun 2010 09:46

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor TJCalado em 07 Out 2013 13:23

O Sábio escreveu:Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!

Justiça é um conceito abstrato, realmente. Portanto, muito do era justiça no ambiente do AT passou a não ser no cenário do NT. A Lei dizia, por exemplo, que Maria Madalena deveria ser apedrejada, e os discípulos de Jesus deveriam esperar passar o dia de sábado para saciarem a fome.
Mas a Lei, estabelecida por Deus, foi contornada por Jesus. Não se pode dizer que Deus passou a agir de forma diferente porque no cenário do NT quem agia era Jesus.
A bíblia não diz, Sábio, que "o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim". Não houve mudança na forma de agir. Houve mudança no agente: era Deus e passou a ser Jesus.
O próprio Paulo manteve a QUALIDADE DO ZELO após tornar-se cristão, mas mudou a FORMA DE AGIR. No entanto, não se diz que Paulo não mudou. Considera-se que ele mudou, e muito.
Até onde a bíblia deixa saber, Jeová continua sendo um Deus guerreiro, que exige "(Êxodo 20:5) . . .punição pelo erro dos pais sobre os filhos, sobre a terceira geração e sobre a quarta geração . . ." e que espera "(Jeremias 46:10) . . .o dia de vingança para vingar-se dos seus adversários. . ."
A forma de agir dele não mudou, ele simplesmente não está agindo (pelo menos ainda). Segundo o que é aceito pelo cristianismo em geral, quem está agindo hoje é Jesus.

.
"Um paraíso não precisa necessariamente ser um lugar lindo. Basta ser apenas um lugar que me faça bem."
Avatar de usuário
TJCalado
Forista
Forista
 
Mensagens: 4844
Data de registro: 11 Mar 2012 21:40
Localidade: Não quero responder

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor sidhiresus em 07 Out 2013 14:52

O Sábio escreveu:Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!


Sinceramente você choveu no molhado. É como alguém dizer que não odeia homosexuais e sim homosexualismo.
A forma de agir de alguém é diretamente atrelada as suas qualidades, aliás é as que separamos gente boa de gente babaca ou um estrupador pode estuprar e no final falarmos que ele tem uma ótima qualidade?
Avatar de usuário
sidhiresus
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 8245
Data de registro: 01 Nov 2008 09:15
Localidade: São Paulo

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor kooboo em 07 Out 2013 20:59

O Sábio escreveu:Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!


Uau! Você jura que Ele era misericordioso no AT?
Se misericórdia for expulsar Adão e Eva do paraíso, condenar a humanidade a morte, matar todos os seres vivos no dilúvio, confundir toda a humanidade na torre de babel, matar os primogênitos no êxodo egípcio, abrir a terra e engolir mais de 20 mil pessoas, transformar a mulher de Ló em estátua de sal (e depois permitir o incesto dele com as filhas), matar o recém nascido de Davi por causa da relação dele com a esposa de Urias, matar 70 mil hebreus por causa de um censo...
Puts, não quero saber o antonimo de misericórdia e nem tampouco estar debaixo da misericórdia dele.

Sinto muito em lhe informar Sábio, mas a bíblia pode até afirmar que Deus é misericordioso, mas os atos Dele no mesmo livro, mostram que essa palavra não faz parte do vocabulário...
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 11855
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor Thiago em 07 Out 2013 22:22

Lembro que na época que eu ainda era tj e estava começando a abrir os olhos, uma das coisas que me fez descrer na bíblia, foi a própria leitura dela. Eu já havia lido o antigo testamento inteiro, ao menos duas vezes e isso me fez ter a impressão de que havia alguma coisa errada com a minha fé.

Naquela época a internet em casa ainda era raridade, então eu ia para as lan houses. Visitei alguns sites que questionavam a bíblia e eu anotava e conferia em casa. As vezes pagava para imprimir alguns artigos. Um dos primeiros sites que li foi esse: http://str.com.br/principal.php .Esse site ajudou a abrir meus olhos com relação ao cristianismo.
Canal do youtubeConfira Aqui

Imagem
Avatar de usuário
Thiago
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 2303
Data de registro: 30 Out 2008 01:31
Localidade: Não quero responder

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor O Sábio em 08 Out 2013 03:17

kooboo escreveu:
O Sábio escreveu:Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!


Uau! Você jura que Ele era misericordioso no AT?
Se misericórdia for expulsar Adão e Eva do paraíso, condenar a humanidade a morte, matar todos os seres vivos no dilúvio, confundir toda a humanidade na torre de babel, matar os primogênitos no êxodo egípcio, abrir a terra e engolir mais de 20 mil pessoas, transformar a mulher de Ló em estátua de sal (e depois permitir o incesto dele com as filhas), matar o recém nascido de Davi por causa da relação dele com a esposa de Urias, matar 70 mil hebreus por causa de um censo...
Puts, não quero saber o antonimo de misericórdia e nem tampouco estar debaixo da misericórdia dele.

Sinto muito em lhe informar Sábio, mas a bíblia pode até afirmar que Deus é misericordioso, mas os atos Dele no mesmo livro, mostram que essa palavra não faz parte do vocabulário...

Primeiro, eu não to dizendo que concordo ou discordo das declarações da bíblia. Apenas estou fazendo uma análise "fria" do texto bíblico.
Segundo, vc mencionou um monte de atitudes que Deus teria tomado como se ele fosse um monstro. Mas esqueceu de mencionar o PQ ele tomou essas atitudes. Quem sabe ele deveria perdoar o Diabo tbm, né? Afinal de contas, ele foi só alguém que se deixou levar pelo desejo errado; TADINHO!
Terceiro, ser misericordioso não significa perdoar indefinidamente, pois se assim fosse, onde estaria a justiça?
Avatar de usuário
O Sábio
Forista
Forista
 
Mensagens: 126
Data de registro: 03 Jun 2010 09:46

Re: O Deus do Velho Testamento é diferente do Novo Testamento?!!

Nova mensagempor O Sábio em 08 Out 2013 03:35

TJCalado escreveu:
O Sábio escreveu:Quando diz que ele não muda, é no sentido de que as qualidades dele não mudam. Supõe-se que no AT Deus era justo. Então, no NT ele continua justo. No AT ele era misericordioso, então no NT ele continua misericordioso, e assim por diante. O que mudam são as leis. No AT, a lei era justa. O próprio Paulo disse isso: "E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom." Romanos 7:12. A lei do amor do NT tbm é justo, pois quem ama o próximo não vai ser injusto com essa pessoa, a quem se quer o bem. Portanto, o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim!

Justiça é um conceito abstrato, realmente. Portanto, muito do era justiça no ambiente do AT passou a não ser no cenário do NT. A Lei dizia, por exemplo, que Maria Madalena deveria ser apedrejada, e os discípulos de Jesus deveriam esperar passar o dia de sábado para saciarem a fome.
Mas a Lei, estabelecida por Deus, foi contornada por Jesus. Não se pode dizer que Deus passou a agir de forma diferente porque no cenário do NT quem agia era Jesus.
A bíblia não diz, Sábio, que "o que não muda em Deus são as QUALIDADES, mas a forma de agir pode mudar sim". Não houve mudança na forma de agir. Houve mudança no agente: era Deus e passou a ser Jesus.
O próprio Paulo manteve a QUALIDADE DO ZELO após tornar-se cristão, mas mudou a FORMA DE AGIR. No entanto, não se diz que Paulo não mudou. Considera-se que ele mudou, e muito.
Até onde a bíblia deixa saber, Jeová continua sendo um Deus guerreiro, que exige "(Êxodo 20:5) . . .punição pelo erro dos pais sobre os filhos, sobre a terceira geração e sobre a quarta geração . . ." e que espera "(Jeremias 46:10) . . .o dia de vingança para vingar-se dos seus adversários. . ."
A forma de agir dele não mudou, ele simplesmente não está agindo (pelo menos ainda). Segundo o que é aceito pelo cristianismo em geral, quem está agindo hoje é Jesus.

.

TJCalado, veja bem: vc se equivoca quando não consegue separar qualidades de atitudes. Veja o seguinte exemplo, se uma pessoa precisa de uma cirurgia urgente e o médico tem anestésico disponível, é claro que ele vai anestesiar e depois fazer a cirurgia. Agora, se ele não tem anestésico e o paciente ainda precisa da cirurgia pra não morrer, será que o médico vai deixar de ser um bom médico se fizer a cirurgia sem anestesia? Ou vc acha que é melhor deixar o paciente morrer pra não fazer ele sentir dor? E quem garante que ele não vai sentir muita dor por causa da enfermidade? O médico aí teria que agir de formas diferentes devido às circunstancias diferentes; em um caso ele anestesiou, no outro não. Mas isso não significa que ele não seja um bom médico, pois ele fez a coisa certa na hora certa. Então a qualidade de BOM médico foi mantida, embora ele agiu de formas diferentes.
Esse exemplo se aplica ao Deus do VT. Ele tinha poder pra fazer qualquer coisa sim - de acordo com os relatos bíblicos - mas isso não quer dizer que ele podia agir de qualquer forma que quisesse. Ele tinha que agir mantendo o lívre-arbítrio das pessoas e, ainda assim, mantendo a justiça. Então, as vezes, ele era obrigado a agir com justiça de acordo com a lei de Israel. Ele tbm cumpria a Lei Mosaica, pois ele estava de um dos lados da Lei. de um lado tínhamos ele e do outro tínhamos o povo de Israel. Ele não podia deixar de cumprir a Lei que ele mesmo havia estabelecido pra soar "misericordioso", pois senão, vc mesmo estaria aqui dizendo agora que o Deus de Israel era um banana, incapaz de cumprir a própria lei!
Sobre Jesus estar agindo no NT, vc está isolando as coisas sem levar em conta o que o próprio Jesus disse: "Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou." - João 5:30 Vc deu a entender que Jesus estava agindo por conta própria pq ele teria "reconhecido" que a Lei Mosaica era em partes injusta. Mas vc notou que Jesus teria dito que tudo que ele ensinava e fazia teria sido recomendado pelo pai, e que ele não podia fazer "coisa alguma" de acordo com a própria vontade? Acho que essas questões são difíceis pra vc explicar, né?
Avatar de usuário
O Sábio
Forista
Forista
 
Mensagens: 126
Data de registro: 03 Jun 2010 09:46

AnteriorPróximo

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Religiões, Crenças & Teologia

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Lourisvaldo Santana e 33 visitantes