Familias Separadas : Depoimentos
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Familias Separadas

Depoimentos de ex-testemunhas de Jeová, cartas de dissociação e depoimentos sobre a vida pós Torre de Vigia. Aqui fala mais alto a sinceridade, o sentimento e muitas vezes os relatos nos impressionam pela falta de algo que mais as Testemunhas de Jeová dizem praticar: o amor ao próximo!
Fique a vontade para contar suas vivências

Familias Separadas

Nova mensagempor inzaghi25 em 02 Jan 2011 13:46

È com tristeza que posto nesse tópico um pouco da minha magoa,minha mãe me abandonou por completo por eu não ser mais tj,prefere acreditar nos fofoqueiros da cong,do que em mim,fazem 9meses que ela não fala comigo,e quando cita o meu nome na familia é só pra falar mal das minhas atitudes!Tem uma irmã que é de uma cong vizinha,que ve minha mãe e só fala mal de mim,que eu sou apóstata,que eu vou ser condenado,não vou ter direito a julgamento etc,infelizmente é tipos de pessoas assim que existe dentro da cong,mas tenho certeza que no Dia do juizo,nós forista temos mais chance de ser salvos do que muitos irmãos que estão la dentro!!!!!!!!!Abraços a todos
toda unanimidade eh burra!
Avatar de usuário
inzaghi25
Forista
Forista
 
Mensagens: 772
Data de registro: 14 Jul 2009 13:36
Localização: Canoas

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor gerri em 02 Jan 2011 14:09

Olá inzaghi25 feliz 2011 !
Você não é o único a sofrer com o que a seita tem feito com famílias no mundo inteiro, tornando pessoas infelizes coisa que nenhuma religião ou seita tem feito tão bem como as Testemunhas de Jeová, mem mesmo seitas satânicas pregam tais atitudes. Sofri muito e sofro muito com isso , minha mãe já com idade avançada depende de minha irmâ ex-tj e sua família que a cuida com todo amor e carinho se sacrificando bastante, hoje vou busca-la parfa passar uma temporada aqui em casa, mas não tem ancião macho o sufuciente para interferir em minha vida se não o bicho pega pra eles e eles sabem disto, quanto a " cegueira" de minha mãe estou abministrando isto com mais serenidade, ela não vai mais mudar e com certeza vai morrer com isto " doença incuravel" é assim como vejo hoje as tjs como pessoas doentes mentais, com suas mentes escravizadas a uma seita de lunáticos!
A religião é o ópio do povo.
Karl Marx
Avatar de usuário
gerri
Forista
Forista
 
Mensagens: 665
Data de registro: 27 Fev 2009 20:51
Localização: CURITIBA

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor André Felix em 02 Jan 2011 14:18

Ainda bem que a minha mãe não concorda com isso. E também ela é idosa e só tem eu mesmo pra cuidar dela. Já minha irmã que mora aqui perto tem ficado até meses sem vir. Meu irmão TJ que está morando aqui no quintal também me trata normalmente. A esposa e a enteada são dissossiadas. Recentemente minha irmã se queixou que ninguém vai na casa dela, até os que nunca foram TJs batizados. Na minha família é a TJ que sente isolada!
Mas eu vejo um pouco de ódio nessas pessoas que falam mal de quem sai da "organização". A exigência é evitar conversar, ignorar, não demonizar ou até hostilizar.
O pensamento é o ensaio da ação.
Sigmund Freud
André Felix
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 3912
Data de registro: 01 Nov 2008 08:42

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor sidhiresus em 02 Jan 2011 14:19

Estou vendo algo parecido por aqui. Pior de tudo, e que depois, quando precisa mesmo, atras de quem vao, quem tem que ajudar mesmo, justamente o filho, o irmao de sangue.
Avatar de usuário
sidhiresus
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 7806
Data de registro: 01 Nov 2008 09:15
Localidade: São Paulo

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor André Felix em 02 Jan 2011 14:24

gerri escreveu:Olá inzaghi25 feliz 2011 !
Sofri muito e sofro muito com isso , minha mãe já com idade avançada depende de minha irmâ ex-tj e sua família que a cuida com todo amor e carinho se sacrificando bastante, hoje vou busca-la parfa passar uma temporada aqui em casa, mas não tem ancião macho o sufuciente para interferir em minha vida se não o bicho pega!

Parece que se os pais requerem cuidados a obrigação é dos filhos, não da congregação, mesmo que sejam ex-tj. Bem espertinhos. Se a pessoa é saudável o conselho é evitar os parentes que deixaram a Torre se requerem cuidados a pessoa que se vire com o e-tj.
O pensamento é o ensaio da ação.
Sigmund Freud
André Felix
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 3912
Data de registro: 01 Nov 2008 08:42

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Pássaro em 02 Jan 2011 15:18

Na hora do vamo vê, quem cuida é quem realmente parente e não essa "falsernidade mundial"!
O barco da torre tá afundando?
Avatar de usuário
Pássaro
Forista
Forista
 
Mensagens: 10079
Data de registro: 01 Nov 2008 07:45
Localização: bahia

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Debora em 02 Jan 2011 16:42

Caro inzaghi25,
Já ví este filme. Quase enlouqueci. Quando pedi minha dissocição tive que recomeçar do zero. Perdi até a boa relação que tinha com a minha mãe. Éntretanto, minha atitude foi planejada, amadurecida e com determinação, não cedi um milímetro. O tempo passou, muitos dos que me abandonaram precisaram de mim. Por experiência própria, sugiro que você não se isole, ocupe o seu tempo com coisas produtivas, se possível envolva-se com um trabalho social, use sempre de bom senso. Nunca conceda a oportunidade para as tj falarem "tá vendo... abandonou jeová... viu no que deu ?" Acredite, nosso único juíz é Deus. Nenhuma religião salva ninguém. Deus é o dono da vida. Nunca o abandone. Talvez você esteja muito ferido. Não esqueça que o TEMPO é o melhor remédio. Então, dê tempo ao tempo. Estamos por aqui. Você não está sozinho nesta luta.
O pior cego é aquele que não quer ver .
Avatar de usuário
Debora
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 3407
Data de registro: 21 Dez 2010 10:07
Localização: São Paulo
Localidade: Não quero responder

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor ELLIPSIS em 02 Jan 2011 16:59

Debora escreveu:Caro inzaghi25,
Já ví este filme. Quase enlouqueci. Quando pedi minha dissocição tive que recomeçar do zero. Perdi até a boa relação que tinha com a minha mãe. Éntretanto, minha atitude foi planejada, amadurecida e com determinação, não cedi um milímetro. O tempo passou, muitos dos que me abandonaram precisaram de mim. Por experiência própria, sugiro que você não se isole, ocupe o seu tempo com coisas produtivas, se possível envolva-se com um trabalho social, use sempre de bom senso. Nunca conceda a oportunidade para as tj falarem "tá vendo... abandonou jeová... viu no que deu ?" Acredite, nosso único juíz é Deus. Nenhuma religião salva ninguém. Deus é o dono da vida. Nunca o abandone. Talvez você esteja muito ferido. Não esqueça que o TEMPO é o melhor remédio. Então, dê tempo ao tempo. Estamos por aqui. Você não está sozinho nesta luta.


Olá Débora,

Obrigada pela sua participação.

Será que você se poderia apresentar para que todos nós pudéssemos conhece-la melhor?
Imagem
MEU BLOG

Imagem

Aquele que busca a verdade deve, tanto quanto possível, duvidar de tudo. - DESCARTES
Avatar de usuário
ELLIPSIS
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 2647
Data de registro: 24 Ago 2009 16:24

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Helena em 02 Jan 2011 18:34

inzaghi25, sugiro que tenha uma conversa com sua mãe. Se não for possível uma conversa pessoal, frente a frente, talvez através de uma carta. Diga a ela que a ama e garanta a ela que sempre vai apoiá-la, sempre que ela precisar. Naturalmente, diga isso se sentir no seu coração.

Tenho uma boa relação com a minha mãe, continuamos nos abraçando, tendo conversas significativas, porém, eu não me oponho à fé dela e me mostro uma ajudadora sempre que ela precisa. Já conversei com ela sobre algumas coisas à respeito da Torre, mas foi de forma muito suave, com muito respeito. A minha postura diante da minha mãe, que também é idosa, é essa e isso está na minha natureza, no meu jeito de ser. Respeito muito a fé dela. Esse respeito, inclusive, alcança a questão do sangue. Se a minha mãe um dia precisar de sangue e não quiser, estiver determinada na sua fé, eu irei conversar com o médico e pedirei que ele respeite a consciência religiosa dela, mas que não a abandone, que ministre todo e qualquer tratamento existente, exceto o sangue. Pedirei que ele faça todo o possível para que ela se recupere, respeitando a sua fé, que ele não poupe esforços em ajudá-la de toda forma possível. Se o médico for colaborador, melhor. Se não for, se eu descobrir que ele está sonegando tratamento alternativo existente, vou ameaçá-lo de processo, pois o médico não pode ser negligente. Enfim, vou ser uma leoa na defesa dos direitos da minha mãe. Morrer todo mundo vai morrer um dia, mas se for para ela morrer, que morra com dignidade e integridade de espírito.

Apóio minha mãe se ela precisa que alguém a leve no Salão do Reino, eu a levo e busco de carro. Isso é raro de acontecer, pois há outras pessoas na família que a levam, mas já precisei levá-la e prontamente o faço.

Isso faz com que toda a família confie em mim. Eles sabem que penso diferente, que não quero e não sou Testemunha de Jeová, mas também sabem que sou uma pessoa a quem podem recorrer e que sou compreensiva. Faço isso por amor e sempre farei.

Essa postura não impede que eventualmente eu diga algo que possa ampliar a visão de minha mãe e de outros familiares, mas tem de ser com muito tato.

Acho que se você for assim, sua mãe vai sentir que vc é uma pessoa boa e não algum tipo de inimigo.

Porém, se vc não sente no seu coração esse impulso de se mostrar uma fonte de apoio para sua família, se acha que tal postura é humilhante, contra seus impulsos, etc. Então não faça, pois se não for sincero, isso logo ficará evidente, pois vc vai demonstrar má vontade ou raiva. Não vai ser um gesto de boa vontade, de verdadeiro interesse pelo bem-estar deles, ainda que pensem de forma tão diferente e que saibamos que estão cegados por uma organização. Acho que com amor é mais fácil de desvelar os olhos deles do que com isolamento auto-imposto ou indiferença da sua parte.

Mas penso que se a pessoa quer sair, ela acha uma porta. O problema é que eles não querem sair, rejeitam qualquer coisa que afronte sua fé. Então, acho que só nos resta respeitar suas escolhas.

Já falei para a minha irmã do caso Watchtower & ONU, mas ela não quis ouvir, inclusive me proibiu de voltar a falar nesse assunto. Então, imediatamente respeitei o limite que ela impôs. Mas ela sabe que na hora H é comigo que pode contar, pois os irmãos não ajudam de verdade nos problemas familiares. :soldier7: ( Soldada de Cristo )
~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~
Avatar de usuário
Helena
Forista
Forista
 
Mensagens: 520
Data de registro: 24 Set 2009 00:41

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Cores em 02 Jan 2011 18:56

Helena, parabens pela sua postura e conselhos, eu faço exatamente como você. Parabens!!!!
"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."
Avatar de usuário
Cores
Forista
Forista
 
Mensagens: 183
Data de registro: 04 Ago 2010 20:06

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor inzaghi25 em 02 Jan 2011 19:41

Adradeço a todos que comentaram,seus comentarios podem ter certeza são muito produtivos,e é como passaro comentou;na hora que ela precisar ela vai recorrer a mim,fico feliz por ter histórias parecidas,e que todos conseguiram superar e não recoaram da sua decisão,esses exemplos são deveras encorajadores!!!!
toda unanimidade eh burra!
Avatar de usuário
inzaghi25
Forista
Forista
 
Mensagens: 772
Data de registro: 14 Jul 2009 13:36
Localização: Canoas

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Helena em 02 Jan 2011 20:56

Valeu Cores, acho que por aí a gente consegue manter um bom relacionamento com as pessoas que amamos, na medida do possível.
~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~ºo0º~
Avatar de usuário
Helena
Forista
Forista
 
Mensagens: 520
Data de registro: 24 Set 2009 00:41

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor spy_tower em 02 Jan 2011 23:10

É, eu e minha esposa estamos "amarrados" ainda a Torre justamente por isso: pelo medo da inevitável consequencia em sair da org., de saber que nossos familiares TJs, que são a maioria, vão cegamente seguir a orientação (ordem) de não conversar, nem sequer olhar pra gente...
... nós, é claro, tentamos mostrar pela oportunidade atual, de um familiar próximo que está desassociado, que existe uma interpretação errada dos textos e tal, que podemos conversar com ele, é difícil pro pessoal entender, mas a gente mesmo assim troca umas idéias com ele sem ligar pra reação dos próximos e quem sabe tentando fazÊ-los entender o que poderá ocorrer num futuro em que possamos sair dessa m... de org.
"É impossível calcular o dano moral, se é que posso chamá-lo assim, que a mentira mental tem causado na sociedade. "
Avatar de usuário
spy_tower
Forista
Forista
 
Mensagens: 370
Data de registro: 20 Set 2010 16:37
Localização: Somewhere...

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor De olhos abertos em 03 Jan 2011 10:00

É preciso mesmo muito tato ao lidar com os familiares tjs.
Por experiência, sei que não vale a pena querer "chutar o balde" de uma vez, falando mal da organização, fazendo-se de dono da verdade. Dessa forma, só causaremos inimizades e rixas dentro da família.
O ideal é agir da maneira mais tranquila e serena, para que na hora da saída total da organização, a família possa, pelo menos, respeitar nossa posição.
Avatar de usuário
De olhos abertos
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 6385
Data de registro: 18 Nov 2009 09:07
Localização: São Paulo - SP
Localidade: Não quero responder

Re: Familias Separadas

Nova mensagempor Marujo em 29 Jan 2011 01:18

Olá inzaghi25, minha mãe é TJ há 50 anos e ungida há 30, (também é bipolar, então eu respeito a crença dela tadinha) ela tem lances geniais de lucidez e fanatismos atrozes também, um dia desses disse: "eu odeio apóstatas", eu disse bom mãe que pena que você me odeia...porque eu sou um apostata...ela parou e ficou me olhando...daí eu disse: mãe Jesus foi um apóstata, os doze apóstolos foram apóstatas, a igreja católica da qual você foi filha de Maria, foi apóstata e a torre de vigia é apóstata, não vale a pena odiar apóstatas porque senão você vai ter de odiar todo mundo e ódio é contra a principal lei que Jeová e Jesus determinaram que tivéssemos.

Bom, meu relacionamento com ela é ótimo e algumas vezes eu já expus o erro da religião dela com mais detalhes e ela ouviu e entendeu, mas não dá prá querer tirar uma senhora de 70 anos da comunidade onde ela se criou não é mesmo? Então pasciência.

Grande abraço.
Prefiro ser um apóstata para com uma religião mentirosa, do que ser um apóstata para com Deus.
Toda grande causa começa como (1) um movimento de idealistas, (2) vira um negócio ou meio de vida, e (3) finalmente degenera em uma quadrilha". Eric Hoffer
Avatar de usuário
Marujo
Forista
Forista
 
Mensagens: 361
Data de registro: 13 Mar 2010 14:48
Localização: http://identidadecrista.blogspot.com/

Próximo

Retornar para Depoimentos

Quem está online

Usuários vendo este fórum: agape, JACKRIBEIRO e 32 visitantes