Comentando o Texto Diário : Publicações
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Comentando o Texto Diário

Um exame crítico sobre as mais diversas publicações da Associação Torre de Vigia, que engloba revistas, livros, folhetos etc.

Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 19 Jul 2009 17:56

Pessoal, este tópico foi criado no intuito de postarmos nossas observações em relação aos textos diários e comentários que são publicados no folheto "Examine as Escrituras Diariamente".

Toda vez que o texto do dia ou comentário te chamar atenção por algum motivo, (Muitos deles mostram falhas gritantes da Torre ou comentários meramente expeculativos) por genlileza compatilhe com os demais do forum.

Obrigado!
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 372
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 19 Jul 2009 18:13

Inaugurando o novo tópico, vou comentar o texto de hoje (19/07/09):

Bem, o texto de hoje foi Atos 1:8, que diz: "Sereis testemunhas de mim..."

Sobre ele a Torre comentou:

"O apoio voluntário que os cristãos ungidos recebem de seus companheiros das outras ovelhas foi predito pelo profeta Isaías. Ele escreveu: “Assim disse Jeová: ‘Os próprios labutadores não remunerados do Egito, e os mercadores da Etiópia, e os sabeus, homens altos, virão a ti e se tornarão teus. Andarão atrás de ti.’” (Isa. 45:14)"

Detahe: A Torre transcreveu apenas parte do versículo 14 de Isaías 45. O versículo inteiro diz:

"Assim disse Jeová: “Os próprios labutadores não remunerados do Egito, e os mercadores da Etiópia, e os sabeus, homens altos, virão a ti e se tornarão teus. Andarão atrás de ti; virão em grilhões e se curvarão diante de ti. Orarão a ti, [dizendo:] ‘Deveras, Deus está em união contigo, e não há outro; não há [outro] Deus.’”"

Depois da citação de Isaias 45:14, note os comentários seguintes da Torre:

"De modo simbólico, os atuais cristãos com esperança terrestre ‘andam atrás’ da ungida classe-escravo e de seu Corpo Governante, aceitando sua supervisão. Como “labutadores não remunerados”, as outras ovelhas voluntariamente e de todo o coração dedicam suas forças e seus recursos à obra mundial de pregação que Cristo designou a seus seguidores ungidos na Terra. (Rev. 12:17) Ao apoiarem seus irmãos ungidos, os membros da grande multidão estão sendo treinados para formarem a base da nova sociedade humana que existirá após o Armagedom. w08 15/1 5:6, 7"

Puxa vida, pelo que a Torre ensina foi profetizado na Bíblia (há séculos, lá nos dias de Isaías) que as TJs (da Grande Multidão) seriam escravizadas pela 'classe escravo e seu Corpo Governante'! E olha que eu pensava que o ensino correto era que "Deus não é parcial", que a verdade liberta, ao invés de escravizar, ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"), que "Todos vós sois irmãos" e que 'Há um só rebanho e um só Pastor'...
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 372
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 01 Ago 2009 14:43

O texto de hoje (Sábado, 1.° de agosto) é:

"Exercei paciência, irmãos, até a presença do Senhor. — Tia. 5:7".

A Torre comentou:

"Como os lavradores, os cristãos cultivam coisas que muitas vezes se desenvolvem devagar: o entendimento da Palavra de Deus, o amor a Jeová e o espírito cristão. Isso exige paciência. Tiago escreveu: “Eis que o lavrador fica esperando o precioso fruto da terra, exercendo paciência com ele, até que venha a chuva temporã e a chuva serôdia. Vós também exercei paciência; firmai os vossos corações, porque se tem aproximado a presença do Senhor.” (Tia. 5:7, 8) Tiago exortava seus irmãos na fé a ‘exercer paciência até a presença do Senhor’".

Levando em consideraçao o ensino atual da Torre de Vigia de que a "presença do Senhor" começou em 1914, isto nos leva a concluir que o tempo de os cristaos exercerem paciencia (de acordo com as palavras de Tiago 5:17) findou ha mais de 90 anos atras!

No entanto as palavras seguintes da Torre diz:

"Quando os discípulos não entendiam determinado assunto, Jesus pacientemente o explicava, muitas vezes com ilustrações. (Mat. 13:10-23; Luc. 19:11; 21:7; Atos 1:6-8) Agora que o ‘Senhor já está presente’, também é preciso paciência ao fazer discípulos. Os que hoje se tornam seguidores de Jesus precisam de um ensino paciente. — João 14:9. w07 15/11 1:13"

Esse tipo de incoerencia é comum pela Torre de Vigia. Por exemplo, a Biblia diz: em 1 Coríntios 11:26: " . . .todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este copo, estais proclamando a morte do Senhor, até que ele [Jesus] chegue".

A questao é: Se Jesus ja chegou desde 1914, por que ainda hoje as Testemunhas continuam comerando a morte de Cristo?


Ficaria muito mais logico e coerente concluirmos que ainda é tempo de exercermos paciencia e ainda é tempo de comemorarmos a morte de Cristo por um motivo simples: JESUS AINDA NAO CHEGOU!
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 372
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Victor Rito em 01 Ago 2009 15:15

Olá Manuel

Peço desculpa por só agora passar a responder.
Li com atenção o seu artigo, que me indicou.
Vou tentar dar a minha opinião de modo inteligível
Acredito que seja uma pessoa sincera e de mente aberta e está receptivo a uma ennriquecedora troca de impressões.
Ainda não li a conclusão do artigo. Fá-la-ei mais tarde.
Gostaria que me dissesse abertamente o que pensa daquilo que eu escrever, em caso de discordância.

Começando pelas datas de Junho de 1914 e Outubro do mesmo ano.
Por favor, considere o seguinte: Será que podemos presumir que entendemos a mente de criaturas espirituais superiores!? Por exemplo, porque não admitir o Diabo se oporia ao nascimento do Reino? Para mim este acontecimento teve a ver mais, com a necessidade dele de manifestar a sua fúria, acabando por ser derrotado. Quanto aos cavalos:
1º Cavalo Vermelho (Guerra – Julho de 1914)
2º Cavaleiro Branco (Jesus como Rei – Outubro de 1914)
3° Cavalo Preto (falta de alimentos - a partir de Outubro de 1914) e por fim,
4° Cavalo Descorado (Gripe espanhola – a partir de 1918).
Parece-me que é apropriado evidenciar Jesus, como rei capaz de frear a cavalgada dos outros.
Porque orar que 'venha o teu reino'? pela mesma razão que pedimos 'que seja feita a vontade de Deus'. Sabemos que Deus é Soberano e é a vontade dele que conta e, no entanto, pedimos isto porque sabemos que a vontade de Deus tem a ver com o que ele se propôs FAZER, e não com o que ele permite temporáriamente.
A celebração da morte de Cristo será celebrada até que ele chegue. A Bíblia mostra que no armagedom os escolhidos estarão com Cristo, de modo que nessa altura comerão com cristo à sua mesa no céu. Como o Manoel salientou a presença não era discernível prontamente, daí a necessidade do "sinal". Igual a uma impressão digital precisaria de se formar, para poder identificar um período de tempo que seria distinto. Contudo, sua presença seria invisível, como um avião nas nuvens é. Todo o olho vai ter de o ver quando de modo vívido perceberem pelos efeitos que ele está presente, do mesmo modo como os egípcios perceberam que Deus estava lutando pelos israelitas ao despreder as rodas dos carros egípcios.
O restabelecimento leva tempo e para se fazer tem que se desfazer as obras que estão mal, de inimigos da adoração pura. De facto o escravo fiel e discreto teria de ser purificado e continuará a sê-lo.
Porque rejeitar que Deus ao evidenciar o comportamento daquele monarca orgulhoso, aproveitou isso como modelo para retratar Satanás e a sua governança, ao passo que lhe mostra que é Ele que manda e que estabelece os reis que quer e, que Ele quer alguem humilde e não satanás, o seu próprio Filho obediente.
Não vejo também porque, referindo-se a um término de pisoteamento para jerusalém, Jesus não podesse dizer que Jerusalém será pisada até...

Manoel, fico na expectativa daquilo que entender por bem me responder.

Um abraço
Victor RitoVictor Rito
Novo (a) Forista


Mensagens: 16
Data de registro: 23 Jul 2009 07:48
Mensagem PrivadaE-mail Olá Manuel

Peço desculpa por só agora passar a responder.
Li com atenção o seu artigo, que me indicou.
Vou tentar dar a minha opinião de modo inteligível
Acredito que seja uma pessoa sincera e de mente aberta e está receptivo a uma ennriquecedora troca de impressões.
Ainda não li a conclusão do artigo. Fá-la-ei mais tarde.
Gostaria que me dissesse abertamente o que pensa daquilo que eu escrever, em caso de discordância.

Começando pelas datas de Junho de 1914 e Outubro do mesmo ano.
Por favor, considere o seguinte: Será que podemos presumir que entendemos a mente de criaturas espirituais superiores!? Por exemplo, porque não admitir o Diabo se oporia ao nascimento do Reino? Para mim este acontecimento teve a ver mais, com a necessidade dele de manifestar a sua fúria, acabando por ser derrotado. Quanto aos cavalos:
1º Cavalo Vermelho (Guerra – Julho de 1914)
2º Cavaleiro Branco (Jesus como Rei – Outubro de 1914)
3° Cavalo Preto (falta de alimentos - a partir de Outubro de 1914) e por fim,
4° Cavalo Descorado (Gripe espanhola – a partir de 1918).
Parece-me que é apropriado evidenciar Jesus, como rei capaz de frear a cavalgada dos outros.
Porque orar que 'venha o teu reino'? pela mesma razão que pedimos 'que seja feita a vontade de Deus'. Sabemos que Deus é Soberano e é a vontade dele que conta e, no entanto, pedimos isto porque sabemos que a vontade de Deus tem a ver com o que ele se propôs FAZER, e não com o que ele permite temporáriamente.
A celebração da morte de Cristo será celebrada até que ele chegue. A Bíblia mostra que no armagedom os escolhidos estarão com Cristo, de modo que nessa altura comerão com cristo à sua mesa no céu. Como o Manoel salientou a presença não era discernível prontamente, daí a necessidade do "sinal". Igual a uma impressão digital precisaria de se formar, para poder identificar um período de tempo que seria distinto. Contudo, sua presença seria invisível, como um avião nas nuvens é. Todo o olho vai ter de o ver quando de modo vívido perceberem pelos efeitos que ele está presente, do mesmo modo como os egípcios perceberam que Deus estava lutando pelos israelitas ao despreder as rodas dos carros egípcios.
O restabelecimento leva tempo e para se fazer tem que se desfazer as obras que estão mal, de inimigos da adoração pura. De facto o escravo fiel e discreto teria de ser purificado e continuará a sê-lo.
Porque rejeitar que Deus ao evidenciar o comportamento daquele monarca orgulhoso, aproveitou isso como modelo para retratar Satanás e a sua governança, ao passo que lhe mostra que é Ele que manda e que estabelece os reis que quer e, que Ele quer alguem humilde e não satanás, o seu próprio Filho obediente.
Não vejo também porque, referindo-se a um término de pisoteamento para jerusalém, Jesus não podesse dizer que Jerusalém será pisada até...

Manoel, fico na expectativa daquilo que entender por bem me responder.

Um abraço
Victor RitoVictor Rito
Novo (a) Forista


Mensagens: 16
Data de registro: 23 Jul 2009 07:48
Mensagem PrivadaE-mail v
Victor Rito
Forista
Forista
 
Mensagens: 2862
Data de registro: 23 Jul 2009 07:48
Localização: Coimbra - Portugal
Localidade: Não quero responder

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Manoel Bandeira em 01 Ago 2009 15:28

PrezadoVictor Rito,

Visto que é novo forista, ai vai uma sugestao para organizaçao do forum:

Cada topico tem um objetivo especifico. No caso deste, "comentando o texto diario" o intuito e comentar os textos e comentarios publicados no folheto "Examine as Escrituras Diariamente". (O proprio titulo do topico nos faz perceber isso). Assim peço que por genlileza, poste os seus textos nos locais apropriados.

Concernente ao que voce escreveu, ha um topico com o tema: "As Testemunhas de Jeov áe suas Datas profeticas". Incentivo-lhe a tirar seus comentarios daqui e postar la. Afinal, como Testemunhas de Jeová, sabemos que Jeová "nao e um Deus de desordem". Discutirmos sobre 1914 aqui, desvirtuará o proposito do topico.

Certo de contar com sua colaboraçao, desde ja, expresso meus mais sinceros agradecimentos pela atençao demonstrada.
Avatar de usuário
Manoel Bandeira
Forista
Forista
 
Mensagens: 372
Data de registro: 08 Jun 2009 14:48
Localização: São Paulo, SP

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor André Felix em 01 Ago 2009 16:55

..."O apoio voluntário que os cristãos ungidos recebem de seus companheiros das outras ovelhas foi predito pelo profeta Isaías.

Quando os seus erros do passado são apontados A Torre de Vigia se defende alegando que foram "alguns cristãos que pensavam assim ou assado, que deturparam suas declarações ou que a classe do 'corpo governante' do 'escravo fiel e discreto' é orientada pelo espirito santo (sic) apenas no sentido de seguir os princípios bíblicos, não no sentido dos seu membros receberem algum tipo de revelação especial, diretamente dos céus. Tá .... isso acontece quando são lembrados dos erros proféticos e mudanças doutrinais confusas. No caso desse artigo eles afirmam como se tivessem total autoridade e certeza:
O apoio voluntário que os cristãos ungidos recebem de seus companheiros das outras ovelhas foi predito pelo profeta Isaías
Eles não dizem "poderia ser comparado" ou "faz lembrar", não, ele dizem foi predito. É como se o texto bíblico supostamente inspirado estive recebendo agora um acréscimo que o esclarecesse, ampliasse o seu sentido. Alguém que usa essa linguagem está querendo passar deliberadamente a idéia de que recebe sim revelações especiais, que é sim inspirado do mesmo modo como teriam sido os antigos escritores da Bìblia.



Manoel Bandeira escreveu: Detahe: A Torre transcreveu apenas parte do versículo 14 de Isaías 45. O versículo inteiro diz:

"Assim disse Jeová: “Os próprios labutadores não remunerados do Egito, e os mercadores da Etiópia, e os sabeus, homens altos, virão a ti e se tornarão teus. Andarão atrás de ti; virão em grilhões e se curvarão diante de ti. Orarão a ti, [dizendo:] ‘Deveras, Deus está em união contigo, e não há outro; não há [outro] Deus.’”"

Depois da citação de Isaias 45:14, note os comentários seguintes da Torre:

"De modo simbólico, os atuais cristãos com esperança terrestre ‘andam atrás’ da ungida classe-escravo e de seu Corpo Governante, aceitando sua supervisão. Como “labutadores não remunerados”, as outras ovelhas voluntariamente e de todo o coração dedicam suas forças e seus recursos à obra mundial de pregação que Cristo designou a seus seguidores ungidos na Terra. ...


Quanta pretensão! Nem os apóstolos revelam tamanha pretensão nos textos bíblicos das escrituras cristãs! Os membros do corpo governante dos "ungidos na Terra" são "escravos" que possuem humildes servidores que andam atrás deles encurvados e presos à grilhões! Mudaram totalmente o sentido da palavra escravo. E se eles são "escravos" as outras ovelhas são o quê? Vermes rastejantes?
Mas Paulo escreveu:
Não é que sejamos os amos de vossa fé, mas somos colaboradores para a vossa alegria, porque é pela [vossa] fé que estais em pé. 1 Coríntios 1:24
E o próprio Jesus teria dito:
Vinde a mim, todos os que estais labutando e que estais sobrecarregados, e eu vos reanimarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, pois sou de temperamento brando e humilde de coração, e achareis revigoramento para as vossas almas. Pois o meu jugo é benévolo e minha carga é leve. Mateus 11:28-30
Agora o megalomaníaco corpo governante das testemunhas de Jeová aplica a si mesmo as palavras:
[E os das "outras ovelhas"] virão a ti e se tornarão teus, Andarão atrás de ti, virão em grilhões e se curvarão diante de ti . Orarão a ti, [dizendo:] ‘Deveras, Deus está em união contigo, e não há outro; não há [outro] Deus.
Não tem como não lembrar do anjo do Apocalipse de João:
Prostrei-me então diante dos seus pés para adorá-lo. Mas ele me diz: “Toma cuidado! Não faças isso! Sou [apenas] co-escravo teu e dos teus irmãos, que têm a obra de dar testemunho de Jesus. Adora a Deus; pois, dar-se testemunho de Jesus é o que inspira o profetizar.” Revelação 19:10
O pensamento é o ensaio da ação.
Sigmund Freud
André Felix
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 3912
Data de registro: 01 Nov 2008 08:42

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Diego Rutherford em 01 Ago 2009 19:37

André Felix escreveu:....Quanta pretensão! Nem os apóstolos revelam tamanha pretensão nos textos bíblicos das escrituras cristãs!....


Dézão, lelmbre-se de que Paulo, disse aos cristãos ungidos: "Em breve Satanás será esmagado debaixo de vossos pés!". Tem até uma musiquinha pentecostal que diz "Debaixo dos meus pés, debaixo dos meus pés, Satanás debaixo dos meus pés!"

Quanto ao Examine, o único ano dos meus 20 anos de TJ, em que eu li rigorsamente o Examine diariamente, sem ter falahado um dia sequer, foi justamente 2007, ano em que conheci o fórum TJ Livres e li o livro "Crise de Consciência". Com uma mentalidade mais crítica, vi naquele ano, que a cada 4 dias no máximo, a reflexão do Examine era voltada para o tema da sujeição, submissão e obediência ao Escravo, aos anciãos, enfim à Dianteira. Percebi que a Torre tem este tama fixo em tudo: SUBMISSÃO!!! se alguém ainda lê as publicações da Torre, faça esse teste! Este é o tema fixo: submissão a homens da dianteira!
Imagem
"Todos somos igualmente sacerdotes!" (Martinho Lutero)

Tem texto novo no meu blog:
http://proclamadordaliberdade.blogspot.com/
Avatar de usuário
Diego Rutherford
Forista
Forista
 
Mensagens: 3031
Data de registro: 03 Nov 2008 08:17
Localização: Duque de Caxias - RJ

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor André Felix em 01 Ago 2009 20:45

Diego Rutherford escreveu:
André Felix escreveu:....Quanta pretensão! Nem os apóstolos revelam tamanha pretensão nos textos bíblicos das escrituras cristãs!....


Dézão, lelmbre-se de que Paulo, disse aos cristãos ungidos: "Em breve Satanás será esmagado debaixo de vossos pés!". Tem até uma musiquinha pentecostal que diz "Debaixo dos meus pés, debaixo dos meus pés, Satanás debaixo dos meus pés!"


Mas a pretensão que eu me refiro se relaciona com a alegada exclusividade e superioridade da "classe dos ungidos" em relação à classe que o corpo governante chama de "outras ovelhas", com esperança terrestre. Eles até ensinam que o novo testamento foi escrito primariamente para eles já que o ajuntamento da "grande mutidão" teria começado apenas no século XX.
E note que Paulo diz que Satanás seria "esmagado debaixo de vossos pés". Ele não diz "debaixo dos meus pés" ou "debaixo dos pés dos apóstolos". O corpo governante do "restante ungido" toma para si todos os "privilégios" que os apóstolos Paulo, Pedro ou João apresentavam para todos os cristãos. Nem precisa lembrar que apenas os "ungidos" participam dos emblemas, do "corpo e sange de Cristo", apenas eles fazem parte de um "novo pacto". Isso os apóstolos nunca fizeram. A "salvação" dos ungidos é melhor, de um tipo mais especial do que a "salvação" dos da grande multidão. Os apóstolos nunca aplicaram para eles mesmos um texto como esse de Isaías que apresenta os demais cristãos, segundo a aplicação do corpo governante, como pessoas que se prostariam presas em grilhões, orando diante deles.
E a músiquinha dos crentes da "bunda quente" diz: "Satanás debaixo dos meus pés."
Não diz "grande multidão de outros ovelhas prostadas diante dos meus pés".
Se Paulo foi pretensiso quando escreveu sobre Satanás sendo esmagado debaixo dos pés dos "doces" cristãos ao menos ele foi "democrático" na pretensão quando estendeu esse "privilégio" para todos os demais cristãos .
Note o absurdo.
Veja novamente como os ungidos do corpo governante encaram os da "grande multidão":
"Assim disse Jeová: “Os próprios labutadores não remunerados do Egito, e os mercadores da Etiópia, e os sabeus, homens altos, virão a ti e se tornarão teus. Andarão atrás de ti; virão em grilhões e se curvarão diante de ti. Orarão a ti, [dizendo:] ‘Deveras, Deus está em união contigo, e não há outro; não há [outro] Deus.’”"
O pensamento é o ensaio da ação.
Sigmund Freud
André Felix
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 3912
Data de registro: 01 Nov 2008 08:42

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor Vitória Ferreira em 06 Ago 2009 22:50

Manoel Bandeira escreveu:O texto de hoje (Sábado, 1.° de agosto) é:

"Exercei paciência, irmãos, até a presença do Senhor. — Tia. 5:7".

A Torre comentou:

"Como os lavradores, os cristãos cultivam coisas que muitas vezes se desenvolvem devagar: o entendimento da Palavra de Deus, o amor a Jeová e o espírito cristão. Isso exige paciência. Tiago escreveu: “Eis que o lavrador fica esperando o precioso fruto da terra, exercendo paciência com ele, até que venha a chuva temporã e a chuva serôdia. Vós também exercei paciência; firmai os vossos corações, porque se tem aproximado a presença do Senhor.” (Tia. 5:7, 8) Tiago exortava seus irmãos na fé a ‘exercer paciência até a presença do Senhor’".

Levando em consideraçao o ensino atual da Torre de Vigia de que a "presença do Senhor" começou em 1914, isto nos leva a concluir que o tempo de os cristaos exercerem paciencia (de acordo com as palavras de Tiago 5:17) findou ha mais de 90 anos atras!

Quero acrescentar: Jesus deu ordem para que os apóstolos divulgassem as boas novas e fizessem discípulos, estivesse nos enquanto ele céus ( (o grifo é meu) então se Jesus já veio desde 1914, por que se faz necessário a pregação?
Lamentável engano!!

No entanto as palavras seguintes da Torre diz:

"Quando os discípulos não entendiam determinado assunto, Jesus pacientemente o explicava, muitas vezes com ilustrações. (Mat. 13:10-23; Luc. 19:11; 21:7; Atos 1:6-8) Agora que o ‘Senhor já está presente’, também é preciso paciência ao fazer discípulos. Os que hoje se tornam seguidores de Jesus precisam de um ensino paciente. — João 14:9. w07 15/11 1:13"

Esse tipo de incoerencia é comum pela Torre de Vigia. Por exemplo, a Biblia diz: em 1 Coríntios 11:26: " . . .todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este copo, estais proclamando a morte do Senhor, até que ele [Jesus] chegue".

A questao é: Se Jesus ja chegou desde 1914, por que ainda hoje as Testemunhas continuam comerando a morte de Cristo?


Ficaria muito mais logico e coerente concluirmos que ainda é tempo de exercermos paciencia e ainda é tempo de comemorarmos a morte de Cristo por um motivo simples: JESUS AINDA NAO CHEGOU!
Vitória Ferreira
Forista
Forista
 
Mensagens: 53
Data de registro: 21 Abr 2009 19:53

Re: Comentando o Texto Diário

Nova mensagempor jpboane em 03 Nov 2009 03:26

A Torre advertindo as TJs contra nós apóstatas

Pois é meus amigos, hoje as TJ's em todo mundo são re-advertidas acerca de nós...

Texto de hoje Terça-feira, 3 de novembro escreveu:
Se estamos vivendo por espírito, continuemos também a andar ordeiramente por espírito. — Gál. 5:25.

Andar por espírito santo nos protege contra cedermos à apostasia. Mas apenas os que se mantêm espiritualmente alertas podem continuar a ter a benignidade imerecida de Jeová e ‘estar andando na verdade’. (3 João 3, 4) Estejamos, portanto, decididos a rejeitar toda a apostasia de modo a manter uma forte relação com nosso Pai celestial. Entre as “obras da carne”, como fornicação e conduta desenfreada, Paulo alistou a idolatria apóstata e as seitas. Mas ele explicou: “Os que pertencem a Cristo Jesus pregaram na estaca a carne com as suas paixões e desejos.” (Gál. 5:19-21, 24) Que qualidades a força ativa de Deus produz naqueles que vivem e andam pelo espírito? “Os frutos do espírito”, escreveu Paulo, “são amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, brandura, autodomínio”. — Gál. 5:22, 23. w07 15/7 2:5, 6


"Somos uma pedra de tropeço da relação entre as TJs e o Pai celestial (=Torre)" d:9
“Se você rezar por chuva por bastante tempo, ela eventualmente cai. Se você rezar para que enxurradas se acalmem, elas eventualmente o farão. O mesmo acontece na ausência de preces.” [Steve Allen]
Avatar de usuário
jpboane
Forista
Forista
 
Mensagens: 264
Data de registro: 28 Set 2009 07:08
Localização: Maputo/Moçambique

Próximo

Retornar para Publicações

Quem está online

Usuários vendo este fórum: pcesarthebest e 22 visitantes