Luta contra a Torre ou luta contra Deus? : Crenças, Doutrinas e História - Page 9
Seja Bem-Vindo Testemunhas de Jeová - Ex Testemunhas de Jeová. Clique aqui e cadastre-se para participar


Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Debates e discussões acerca das crenças, doutrinas e a história das Testemunhas de Jeová.

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor kooboo em 25 Jul 2012 09:24

wlifeson escreveu:
kooboo escreveu:
wlifeson escreveu:Se ele existe, minha luta é 90% contra ele e 10% contra a Torre.


Ok, e considerando que o tal Jeová da Torre não existe, como fica sua luta? rsrs


Ai sou obrigado a inverter.... kkkkkkkkkkk


Ok, então sua luta é contra a Torre... sem dúvida alguma!

:1 :1 :1
[]'s
kooboo

Imagem
Avatar de usuário
kooboo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 12022
Data de registro: 01 Nov 2008 13:22
Localidade: Minas Gerais

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor exatoverdade em 21 Nov 2012 16:02

Vi que tem de tudo por aqui mesmo. É o livre arbítrio. Aqui é um "micro cosmo" da realidade. Expor não é impor.

Eu sou uma Testemunha de Jeová que não está vinculada à STV e muito menos aos seus ensinos contundentes . Estudo as Escrituras e gosto de expor, compartilhar o que aprendo dela. (Sem obrigar ninguém a nada)

Ninguém deve cobrar pedágio para adorar à Jeová por meio de Jesus Cristo.

Mantenho a fé no Deus de nosso Senhor Jesus e também no próprio Jesus.

Em Cristo,
Paulo
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/10/jah-o-deus-de-nosso-senhor-jesus-cristo.html
http://designinteligente.blogspot.pt/2012/11/os-limites-da-evolucao-michael-behe.html
exatoverdade
Forista
Forista
 
Mensagens: 285
Data de registro: 13 Out 2012 18:09

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor gerom em 21 Nov 2012 17:16

exatoverdade escreveu:Vi que tem de tudo por aqui mesmo. É o livre arbítrio. Aqui é um "micro cosmo" da realidade. Expor não é impor.

Eu sou uma Testemunha de Jeová que não está vinculada à STV e muito menos aos seus ensinos contundentes . Estudo as Escrituras e gosto de expor, compartilhar o que aprendo dela. (Sem obrigar ninguém a nada)

Ninguém deve cobrar pedágio para adorar à Jeová por meio de Jesus Cristo.

Mantenho a fé no Deus de nosso Senhor Jesus e também no próprio Jesus.

Em Cristo,
Paulo
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/10/jah-o-deus-de-nosso-senhor-jesus-cristo.html
http://designinteligente.blogspot.pt/2012/11/os-limites-da-evolucao-michael-behe.html

Você disse algo interessantíssimo, Paulo.

Quando foi escrito no livro de Isaías, mais precisamente em 43:10, que diz: "“Vós sois as minhas testemunhas”, é a pronunciação de Jeová...", a Torre de Vigia interpretou como se isto fosse escrito para ela, para seus membros.

Se não, vejamos: quando alguém é di/desassociado e dado um anúncio no SR como: "fulano de tal não é mais testemunhadejeová". Como se o texto disse-se que "vós sois minhas testemunhas, diz a Torre de Vigia, é a pronunciação de Jeová!"

Quem diz "vós sois minhas testemunhas" é o Deus da bíblia. ELE é quem diz quem é testemunha.

No máximo a Torre de Vigia deveria anunciar: "fulano de tal não é mais associado à Torre de Vigia" (ou algo parecido).

A Torre criou uma marca registrada (sem registra-la efetivamente) a usa para todos os efeitos: Testemunhas de Jeová.

A Torre está USURPANDO o direito de Deus dizer quem é e quem não é sua 'testemunha', é como se eles tivessem realmente autoridade para olhar para seus membros e dizer quem pode e quem não pode ser testemunha de Deus porque um membro, uma pessoa, cometeu algo errado!

A TORRE DE VIGIA é USURPADORA da fé alheia, e também USURPADORA de um membro (ou uma pessoa) de ser chamado de TESTEMUNHA de DEUS (seja o nome dele qual for, interpretado por YHVH).

Quem é a TORRE pra dizer quem é e quem não é testemunha de Jeová? É a TORRE, mais precisamente o CG, se colocando no lugar da DEIDADE, quando na realidade são IMPOSTORES!
"Se não está explicitamente indicado, está implicitamente excluído"
Avatar de usuário
gerom
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 8608
Data de registro: 28 Jul 2010 11:54
Localização: Balneário Camboriú
Localidade: Santa Catarina

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Ben em 21 Nov 2012 17:30

Façam suas apostas que eu marco as lutas do Jeová faixa preta, Anderson Silva, Mike Tyson e Maguila.

Imagem

:mrgreen: a:1 a:1 a:1

Eu não vim explicar, só vim "DonKingAr"

:mrgreen: a:1 a:1 a:1 a:1
"A quantidade de alimentos necessária para cada ser humano é aquela que cabe na concavidade de suas mãos unidas" - Buda
Avatar de usuário
Ben
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 4247
Data de registro: 17 Nov 2008 12:05

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor O Sábio em 13 Out 2013 17:06

Eu acho que esse é exatamente o objetivo do fórum: propriciar a discussão aberta e a busca pela verdade dos fatos. Se alguém descobre que alguma coisa na bíblia não é verdade, ele deve se calar e fingir que não viu nada? Desse jeito não seríamos diferentes das TJs que estão socadas em salões do reino. Saímos de lá pra ter franqueza no falar, mesmo que seja sobre alguma coisa da própria bíblia. Vamos fazer isso então?
Avatar de usuário
O Sábio
Forista
Forista
 
Mensagens: 126
Data de registro: 03 Jun 2010 09:46

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Manuel Oliver em 19 Fev 2014 08:49

A Minha luta é contra a torre que tira o prazer na vida das pessoas,a torre é manipuladora,a torre que fazer das pessoas uma marionete.
Avatar de usuário
Manuel Oliver
Desativado a pedido do usuário
 
Mensagens: 2041
Data de registro: 28 Ago 2012 04:58
Localidade: Não quero responder

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor rafaela II em 17 Out 2015 09:37

Se eles desvia os principios Biblicos ,com certeza devem ser punidos , mas poer mim.... nem por voces , mas por Deus
estamos aqui apenas defendendo o que achamos correto.
rafaela II
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 27
Data de registro: 09 Out 2015 15:49
Localização: Sao paulo Capital
Localidade: São Paulo

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Colibri em 23 Abr 2016 03:12

A minha luta não é com certeza contra Deus, mas sim contra a ORG e seu CG que desde bem cedo na minha vida condicionaram as minhas escolhas e opções. Colheram os melhores anos da minha vida ao serviço da mentira do engano e posteriormente da desilusão.
Foram décadas perdidas desde menina até há um ano atrás. Mas ainda não é tarde, pois estou a meio da vida.
Quanto ao papel que Deus passou a tomar na minha vida esse é o meu calcanhar de Aquiles. Não sei que papel é esse. Para mim Jeová não é mais uma "pessoa com qualidades" da qual nós fomos feitos á imagem e semelhança. Ele existe? Que espécie de Deus é? Quer saber de nós para alguma coisa? É nós precisamos dele para alguma coisa? Se Ele é completo em si próprio porque ele precisa da adoração de humanos imperfeitos? É possível viver e ser feliz não acreditando na existência de um Deus? Quando temos uma família (próxima) que se ama mutuamente, que se dá bem uns com os outros, isso não basta para sermos felizes? Sermos saudáveis? Termos sustento. Devemos dar graças a um Deus (estranho) por isso, ou ás escolhas que vamos fazendo na nossa vida?
É preciso acreditar em Deus para a nossa vida ter um objetivo?
Cada vez me convenço que mais que não.
Não sei se alguma vez vou obter a resposta a estas questões, se calhar terei de viver com dúvidas, mas um individuo também não é feito de certezas.
Gostava de ouvir as vossas opiniões sinceras.

Colibri
Avatar de usuário
Colibri
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 14
Data de registro: 21 Abr 2016 20:39
Localidade: Não quero responder

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor sabrepoderoso em 23 Abr 2016 04:07

Colibri escreveu:A minha luta não é com certeza contra Deus, mas sim contra a ORG e seu CG que desde bem cedo na minha vida condicionaram as minhas escolhas e opções. Colheram os melhores anos da minha vida ao serviço da mentira do engano e posteriormente da desilusão.
Foram décadas perdidas desde menina até há um ano atrás. Mas ainda não é tarde, pois estou a meio da vida.
Quanto ao papel que Deus passou a tomar na minha vida esse é o meu calcanhar de Aquiles. Não sei que papel é esse. Para mim Jeová não é mais uma "pessoa com qualidades" da qual nós fomos feitos á imagem e semelhança. Ele existe? Que espécie de Deus é? Quer saber de nós para alguma coisa? É nós precisamos dele para alguma coisa? Se Ele é completo em si próprio porque ele precisa da adoração de humanos imperfeitos? É possível viver e ser feliz não acreditando na existência de um Deus? Quando temos uma família (próxima) que se ama mutuamente, que se dá bem uns com os outros, isso não basta para sermos felizes? Sermos saudáveis? Termos sustento. Devemos dar graças a um Deus (estranho) por isso, ou ás escolhas que vamos fazendo na nossa vida?
É preciso acreditar em Deus para a nossa vida ter um objetivo? não !!
Cada vez me convenço que mais que não.
Não sei se alguma vez vou obter a resposta a estas questões, se calhar terei de viver com dúvidas, mas um individuo também não é feito de certezas.
Gostaria de ouvir as vossas opiniões sinceras.

Colibri



na minha opinião , acreditar por acreditar até os demonios acreditam , vc , eu e muitos e muitos outros por pensarem que sim perderam décadas de vida
e infelismente em vão , porque a torre é uma farsa , uma empresa que visa lucros e DEUS anda bem longe de lá , pois dentro da torre está cheia de toda sorte de maracutaia , de falta de amor , e é uma contradição um lugar destes ter a presença de um ser que nas palavras dele é PURO . :6
que a luz que há dentro de cada um de nós ilumine nosso caminho quando todas as outras luzes se apagarem
sabrepoderoso
Forista
Forista
 
Mensagens: 1476
Data de registro: 07 Mai 2015 11:23
Localização: duque de caxias
Localidade: Rio de Janeiro

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Colibri em 23 Abr 2016 08:23

O que eu constato é que não há melhor maneira de uma pessoa se tornar ateia, agnóstica, apateísta, ou descrente, do que ter pertencido á ORG das TJ e ser orientada pelo Corpo Desgovernado delas.
Elas produzem uma multidão de pessoas indiferentes, para com a religião e também para com Deus e as coisas espirituais de tão enganadas e traumatizadas que ficam.
Sim porque ter sido TJ é como ser marcado com um ferro em brasa, como se faz ao gado, fica-se com uma cicatriz para a vida inteira. Por mais que a pessoa queira esquecer nunca irá conseguir, é um estigma.

Colibri
Avatar de usuário
Colibri
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 14
Data de registro: 21 Abr 2016 20:39
Localidade: Não quero responder

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Vine Kun em 23 Abr 2016 08:46

Colibri escreveu:O que eu constato é que não há melhor maneira de uma pessoa se tornar ateia, agnóstica, apateísta, ou descrente, do que ter pertencido á ORG das TJ e ser orientada pelo Corpo Desgovernado delas.
Elas produzem uma multidão de pessoas indiferentes, para com a religião e também para com Deus e as coisas espirituais de tão enganadas e traumatizadas que ficam.
Sim porque ter sido TJ é como ser marcado com um ferro em brasa, como se faz ao gado, fica-se com uma cicatriz para a vida inteira. Por mais que a pessoa queira esquecer nunca irá conseguir, é um estigma.

Colibri

Eis uma verdade absoluta...
"Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente"
- Érico Veríssimo

Imagem
Avatar de usuário
Vine Kun
Troll desativado
 
Mensagens: 407
Data de registro: 26 Mar 2016 22:19
Localidade: Ceará

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Mentalista em 23 Abr 2016 11:12

Vine Kun escreveu:
Colibri escreveu:O que eu constato é que não há melhor maneira de uma pessoa se tornar ateia, agnóstica, apateísta, ou descrente, do que ter pertencido á ORG das TJ e ser orientada pelo Corpo Desgovernado delas.
Elas produzem uma multidão de pessoas indiferentes, para com a religião e também para com Deus e as coisas espirituais de tão enganadas e traumatizadas que ficam.
Sim porque ter sido TJ é como ser marcado com um ferro em brasa, como se faz ao gado, fica-se com uma cicatriz para a vida inteira. Por mais que a pessoa queira esquecer nunca irá conseguir, é um estigma.

Colibri

Eis uma verdade absoluta...

Já pensou que o contrário também pode ser verdadeiro? Que os que acreditam em Deus podem ter sido marcados com um ferro em brasa pela Torre, de forma que, não importando argumentos contrários, eles nunca deixarão de acreditar em Deus? E que, visto que deixaram a Torre, seja lá quais foram seus motivos, deixaram de acreditar no "Deus" que a Torre ensinava, colocando outro em seu lugar?

O conceito de que todos aqueles que não acreditam em Deus o fazem por mágoa ou traumas é uma falácia. Quem afirma isso o faz meramente por ter opinião oposta. Eu não tive nenhuma amargura para com Deus, nem antes nem depois de analisar sua existência. Simplesmente não vejo evidências para continuar acreditando na existência dele. Pelo contrário, apenas contradições e paradoxos. Se existe um deus, eu sei que ele não é o das TJ's porque, a menos que o universo (ou o que o "transcende") permita paradoxos lógicos, isso não seria possível. Não se trata então se ele foi um deus malvado ou não no VT. Não seria por isso que eu deixaria de acreditar nele. Nem por causa de eventuais problemas na congregação. Ou por não senti-lo na minha vida. (Na realidade, eu "sentia" Deus. Por isso entendo quando as pessoas dizem que o sentem na vida.) Enfim, é uma questão de argumentação.

Eu não sou contra "Deus"; sou contra os fundamentalismos da Torre.
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3652
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Colibri em 23 Abr 2016 13:16

Mentalista escreveu:
Vine Kun escreveu:
Colibri escreveu:O que eu constato é que não há melhor maneira de uma pessoa se tornar ateia, agnóstica, apateísta, ou descrente, do que ter pertencido á ORG das TJ e ser orientada pelo Corpo Desgovernado delas.
Elas produzem uma multidão de pessoas indiferentes, para com a religião e também para com Deus e as coisas espirituais de tão enganadas e traumatizadas que ficam.
Sim porque ter sido TJ é como ser marcado com um ferro em brasa, como se faz ao gado, fica-se com uma cicatriz para a vida inteira. Por mais que a pessoa queira esquecer nunca irá conseguir, é um estigma.

Colibri

Eis uma verdade absoluta...

Já pensou que o contrário também pode ser verdadeiro? Que os que acreditam em Deus podem ter sido marcados com um ferro em brasa pela Torre, de forma que, não importando argumentos contrários, eles nunca deixarão de acreditar em Deus? E que, visto que deixaram a Torre, seja lá quais foram seus motivos, deixaram de acreditar no "Deus" que a Torre ensinava, colocando outro em seu lugar?

O conceito de que todos aqueles que não acreditam em Deus o fazem por mágoa ou traumas é uma falácia. Quem afirma isso o faz meramente por ter opinião oposta. Eu não tive nenhuma amargura para com Deus, nem antes nem depois de analisar sua existência. Simplesmente não vejo evidências para continuar acreditando na existência dele. Pelo contrário, apenas contradições e paradoxos. Se existe um deus, eu sei que ele não é o das TJ's porque, a menos que o universo (ou o que o "transcende") permita paradoxos lógicos, isso não seria possível. Não se trata então se ele foi um deus malvado ou não no VT. Não seria por isso que eu deixaria de acreditar nele. Nem por causa de eventuais problemas na congregação. Ou por não senti-lo na minha vida. (Na realidade, eu "sentia" Deus. Por isso entendo quando as pessoas dizem que o sentem na vida.) Enfim, é uma questão de argumentação.

Eu não sou contra "Deus"; sou contra os fundamentalismos da Torre.


Concordo em absoluto com os teus argumentos.
No entanto a questão mantém-se "o que faço" com o "vazio de Deus" que tenho agora? E não tive durante 40 anos. A alegria de servi-lo? A certeza de que o "meu" Deus é que era o verdadeiro. Que devotar-lhe a minha vida era o melhor modo de vida?
Que as TJ e o seu CG é que tinham a verdade e as respostas para tudo?
E depois em poucos dias este castelo cor de rosa de cartas cai.
O que faço agora para preencher esse vazio?
Vou dizer que não o sinto na minha vida só para parecer bonito, que está tudo na mesma?
Para fazer crer que os meus problemas são só com a ORG e a minha relação com Deus não foi afectada? Lamento mas a minha relação com Deus foi fortemente abalada. Porque uma vez liberta das restrições mentais da ORG, eu pude questionar honestamente a existência de um Deus.
Mas também não sou de ficar a chorar o leite derramado a vida inteira. Que se dane a ORG mais as suas mentiras.
Se no futuro conseguir reunir evidências da existência de um Deus tudo bem, senão tudo bem na mesma.
Estou fazendo novas amizades e levando a minha vida para a frente com a minha família.

Um abraço
Colibri
Avatar de usuário
Colibri
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 14
Data de registro: 21 Abr 2016 20:39
Localidade: Não quero responder

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Mentalista em 23 Abr 2016 14:06

Colibri escreveu:Concordo em absoluto com os teus argumentos.
No entanto a questão mantém-se "o que faço" com o "vazio de Deus" que tenho agora? E não tive durante 40 anos. A alegria de servi-lo? A certeza de que o "meu" Deus é que era o verdadeiro. Que devotar-lhe a minha vida era o melhor modo de vida?
Que as TJ e o seu CG é que tinham a verdade e as respostas para tudo?
E depois em poucos dias este castelo cor de rosa de cartas cai.
O que faço agora para preencher esse vazio?
Vou dizer que não o sinto na minha vida só para parecer bonito, que está tudo na mesma?
Para fazer crer que os meus problemas são só com a ORG e a minha relação com Deus não foi afectada? Lamento mas a minha relação com Deus foi fortemente abalada. Porque uma vez liberta das restrições mentais da ORG, eu pude questionar honestamente a existência de um Deus.
Mas também não sou de ficar a chorar o leite derramado a vida inteira. Que se dane a ORG mais as suas mentiras.
Se no futuro conseguir reunir evidências da existência de um Deus tudo bem, senão tudo bem na mesma.
Estou fazendo novas amizades e levando a minha vida para a frente com a minha família.

Um abraço
Colibri

Vamos lá. As pessoas sempre procuram um sentido na sua existência. Talvez o "vazio de Deus" seja na verdade a aparente falta de sentido na vida que sentimos após passar por essa desilusão. Acho que cada pessoa encontra seu próprio sentido na vida, o que lhe faz feliz. No meu caso, eu já parei de me preocupar faz tempo com a existência de alguma divindade. E também, mais recentemente, com a morte. Se alguém refletir que "estava morto" por uma eternidade antes de ter nascido, talvez perceba que a morte não é nada demais. O processo de envelhecimento, este sim, é chato. Mas muita gente lida bem com isso.

Enquanto estamos vivos, que façamos valer a pena. As respostas sobre nossa existência eu continuo procurando, mas são novas dúvidas que surgem a cada dia. E isso é bacana, no fim das contas. Se tivéssemos todas as respostas, não precisaríamos mais fazer perguntas. Muitas perguntas são difíceis e algumas aparentemente não têm resposta, pelo menos até agora. Um mito diz que Deus ficou tão perplexo com a pergunta: "De onde vim?" que resolveu criar a humanidade para se distrair. O sentido da vida, pra mim, é o próprio viver. Não preciso de uma segunda vida para que esta faça sentido. Qual seria o sentido da próxima, então? É claro que essas são apenas minhas observações. Como disse no início, acho que cada pessoa encontra seu sentido na vida.
Avatar de usuário
Mentalista
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 3652
Data de registro: 08 Ago 2014 17:25
Localização: Campinas
Localidade: São Paulo

Re: Luta contra a Torre ou luta contra Deus?

Nova mensagempor Colibri em 23 Abr 2016 14:47

Mentalista escreveu:
Colibri escreveu:Concordo em absoluto com os teus argumentos.
No entanto a questão mantém-se "o que faço" com o "vazio de Deus" que tenho agora? E não tive durante 40 anos. A alegria de servi-lo? A certeza de que o "meu" Deus é que era o verdadeiro. Que devotar-lhe a minha vida era o melhor modo de vida?
Que as TJ e o seu CG é que tinham a verdade e as respostas para tudo?
E depois em poucos dias este castelo cor de rosa de cartas cai.
O que faço agora para preencher esse vazio?
Vou dizer que não o sinto na minha vida só para parecer bonito, que está tudo na mesma?
Para fazer crer que os meus problemas são só com a ORG e a minha relação com Deus não foi afectada? Lamento mas a minha relação com Deus foi fortemente abalada. Porque uma vez liberta das restrições mentais da ORG, eu pude questionar honestamente a existência de um Deus.
Mas também não sou de ficar a chorar o leite derramado a vida inteira. Que se dane a ORG mais as suas mentiras.
Se no futuro conseguir reunir evidências da existência de um Deus tudo bem, senão tudo bem na mesma.
Estou fazendo novas amizades e levando a minha vida para a frente com a minha família.

Um abraço
Colibri

Vamos lá. As pessoas sempre procuram um sentido na sua existência. Talvez o "vazio de Deus" seja na verdade a aparente falta de sentido na vida que sentimos após passar por essa desilusão. Acho que cada pessoa encontra seu próprio sentido na vida, o que lhe faz feliz. No meu caso, eu já parei de me preocupar faz tempo com a existência de alguma divindade. E também, mais recentemente, com a morte. Se alguém refletir que "estava morto" por uma eternidade antes de ter nascido, talvez perceba que a morte não é nada demais. O processo de envelhecimento, este sim, é chato. Mas muita gente lida bem com isso.

Enquanto estamos vivos, que façamos valer a pena. As respostas sobre nossa existência eu continuo procurando, mas são novas dúvidas que surgem a cada dia. E isso é bacana, no fim das contas. Se tivéssemos todas as respostas, não precisaríamos mais fazer perguntas. Muitas perguntas são difíceis e algumas aparentemente não têm resposta, pelo menos até agora. Um mito diz que Deus ficou tão perplexo com a pergunta: "De onde vim?" que resolveu criar a humanidade para se distrair. O sentido da vida, pra mim, é o próprio viver. Não preciso de uma segunda vida para que esta faça sentido. Qual seria o sentido da próxima, então? É claro que essas são apenas minhas observações. Como disse no início, acho que cada pessoa encontra seu sentido na vida.


Olha a minha desilusão é recente, deixa-me lá fazer o luto.
Em relação á morte não hã nada nela que me incomode. Ainda agora passei pelo falecimento da minha Mãe que custou bastante. Já sei que não vou vê-la em Paraíso nenhum, mas é mesmo assim faz parte do ciclo da vida. Já não choro por ela. Tenho-a na minha mente e no meu coração; a pessoa extraordinária que foi. Procuro imitar as boas qualidades dela. Em coisas como estas estamos a dar sentido ás nossas vidas. Ver um filho nascer, crescer, tornar-se homem; dá sentido á vida. Os anos de vida em comum com a nossa cara metade; os desafios de se manter uma união forte, enfrentando surpresas por vezes muito amargas que a vida nos oferece. Enfrentar doença juntos, e sairmos disso mais fortes. Isto dá sentido á vida. Querer envelhecer juntos isso dá sentido á vida. No fundo tu sintetizastes bem: o sentido da vida consiste em vivê-la!

Abraço
Colibri
Avatar de usuário
Colibri
Novo (a) Forista
Novo (a) Forista
 
Mensagens: 14
Data de registro: 21 Abr 2016 20:39
Localidade: Não quero responder

AnteriorPróximo

  • Tópicos Similares
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Retornar para Crenças, Doutrinas e História

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Fé em Jeová e 27 visitantes